Facebook diz que cerca de 30 milhões de usuários tiveram dados roubados

A empresa diz que continua a investigar o problema e não descarta a possibilidade de outros ataques em escala menor

São Paulo - O Facebook informou em comunicado nesta sexta-feira que 30 milhões de usuários tiveram de fato dados roubados da rede social. Em 28 de setembro, a empresa informou ter descoberto uma falha que havia tornado quase 50 milhões de contas vulneráveis a ataques de hackers. Hoje, ela detalha as investigações posteriores, mostrando que a falha de segurança afetou menos usuários do que antes estimado.

A empresa diz que continua a investigar o problema e não descarta a possibilidade de outros ataques em escala menor. Os autores do ataque cibernético hoje detalhado exploraram uma vulnerabilidade no código do Facebook que existiu entre julho de 2017 e setembro de 2018, diz a empresa. Segundo o comunicado, hackers conseguiam roubar os códigos de segurança de outros usuários, tomando suas contas.

A companhia afirma que o problema já foi solucionado anteriormente e que nos próximos dias enviará mensagens individuais para os 30 milhões de afetados para explicá-los que informações os autores do ataque podem ter acessado, bem como as medidas para se proteger. Em parte dos casos, foram roubadas informações como o nome e detalhes do contato das pessoas, enquanto em outras também houve acesso a mais detalhes, diz o Facebook. Em 1 milhão de pessoas, não houve acesso a informações pessoais.

A nota diz ainda que o ataque não incluiu Messenger, Messenger Kids, Instagram, WhatsApp e outros programas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.