Acompanhe:

Facebook ainda é evasivo sobre Cambridge Analytica e fake news

Comitê digital e de mídia do Reino Unido está examinando notícias falsas e dados obtidos de forma inadequada por consultoria da campanha de Trump

Modo escuro

Continua após a publicidade
Zuckerberg: Facebook disse que saudou a oportunidade de ajudar o comitê em sua investigação (Leah Millis/Reuters)

Zuckerberg: Facebook disse que saudou a oportunidade de ajudar o comitê em sua investigação (Leah Millis/Reuters)

A
Alistair Smout e Paul Sandle, Reuters

Publicado em 29 de junho de 2018 às, 19h57.

Última atualização em 29 de junho de 2018 às, 19h58.

Londres - O Facebook continua sendo evasivo em suas respostas a uma comissão parlamentar britânica que examina um escândalo sobre o uso indevido de dados da empresa de mídia social pela Cambridge Analytica, afirmou o presidente do comitê nesta sexta-feira (29).

O comitê digital e de mídia do Reino Unido está examinando notícias falsas, e o que a consultoria, contratada pela campanha presidencial de 2016 de Donald Trump, fez com os dados do Facebook, que foram obtidos de forma inadequada.

A Cambridge Analytica disse que apagou os dados quando requisitada e não os usou na campanha de Trump. Também nega o trabalho remunerado na campanha pelo Brexit.

"O Facebook continua a exibir um padrão de comportamento evasivo -um padrão que emergiu ao longo de nossa investigação", disse o presidente Damian Collins em resposta à mais recente carta do Facebook ao comitê, dizendo suas respostas sobre como ele monitora a propaganda política e seus recursos destinados à segurança eram inadequados.

"A empresa parece preferir um escrutínio mínimo e rigoroso... Vamos abordar este ponto como parte de nosso relatório provisório que será publicado oportunamente."

O Facebook disse que saudou a oportunidade de ajudar o comitê em sua investigação.

"O vice-presidente de Tecnologia do Facebook, Mike Schroepfer, deu quase cinco horas de depoimento ao comitê em abril e nós respondemos a todas as perguntas enviadas pelo comitê", disse uma porta-voz da rede social.

"Continuamos em contato com o comitê e o Sr. Collins para fornecer qualquer informação adicional que possam precisar."

Últimas Notícias

Ver mais
PIB do Reino Unido cresce 0,1% em fevereiro; para a Capital Economics, a recessão acabou
Economia

PIB do Reino Unido cresce 0,1% em fevereiro; para a Capital Economics, a recessão acabou

Há 5 horas

Bolsas da Europa fecham sem sinal único, observando sinais dos EUA e com força de mineradoras
seloMercados

Bolsas da Europa fecham sem sinal único, observando sinais dos EUA e com força de mineradoras

Há 6 horas

Príncipe William faz primeira aparição pública desde anúncio de câncer de Catherine
Mundo

Príncipe William faz primeira aparição pública desde anúncio de câncer de Catherine

Há 12 horas

Brasil e Reino Unido fecham acordo que retira limite de voos entre os dois países
Brasil

Brasil e Reino Unido fecham acordo que retira limite de voos entre os dois países

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais