Com TSE, WhatsApp lança tira-dúvidas para combater fake news nas eleições

A ferramenta foi criada em 2020 e agora ganha uma nova versão para o novo ano eleitoral; veja quais perguntas podem ser respondidas
WhatsApp: app de mensagens se junta ao TSE para combater fake news (Nasir Kachroo/NurPhoto/Getty Images)
WhatsApp: app de mensagens se junta ao TSE para combater fake news (Nasir Kachroo/NurPhoto/Getty Images)
Por Laura PanciniPublicado em 06/04/2022 09:43 | Última atualização em 06/04/2022 09:45Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Em parceria com o WhatsApp, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) anunciou o lançamento do "Tira-Dúvidas do TSE". A ferramenta gratuita é como um assistente virtual que pode ser contatado através do app de mensagens, com o objetivo de reunir informações sobre as eleições de 2022.

O tira-dúvidas foi criado originalmente em 2020 e agora ganha uma nova versão para este ano eleitoral. São 16 perguntas ao todo, como: onde tirar o título de eleitor, como justificar ausência e quais cargos estão sendo disputados.

Como se trata de um assistente virtual, as respostas são automáticas. Para falar com o Tira-Dúvidas do TSE, basta acessar o link ou adicionar o número de telefone (61) 9637-1078 e enviar uma mensagem.

Entre as opções da ferramenta, estão:

    1. Desinformação: Cadastre-se para receber mensagens sobre como enfrentá-la;
    2. Regularize seu título de eleitor;
    3. Tire seu primeiro título eleitoral;
    4. Cadastro biométrico e uso da biometria;
    5. Descubra se é fato ou boato;
    6. Top 10 dúvidas eleitorais;
    7. Quais cargos estão em disputa?;
    8. Dia e hora da votação;
    9. Local de votação;
    10. Segurança da urna eletrônica;
    11. Como justificar a ausência na votação;
    12. Estatísticas eleitorais;
    13. Pode ou não pode: lista do que é permitido e proibido no dia da eleição;
    14. Conheça as principais datas do calendário eleitoral 2022;
    15. Curiosidades da Justiça Eleitoral;
    16. Para mais informações.

Quer ficar por dentro das maiores novidades da tecnologia? Assine a EXAME por menos de R$ 0,37/dia.