Tecnologia

Até 2015, usuários devem baixar 48 bilhões de aplicativos

Telas sensíveis ao toque estimulam a instalação de programas em smartphones e tablets, diz estudo

A loja de aplicativos da Apple oferece mais de 500 mil títulos selecionados pela empresa (Reprodução)

A loja de aplicativos da Apple oferece mais de 500 mil títulos selecionados pela empresa (Reprodução)

DR

Da Redação

Publicado em 9 de junho de 2011 às 20h45.

São Paulo – O número de aplicativos baixados até 2015 deve chegar a 48 bilhões, aponta pesquisa divulgada nesta terça-feira pela companhia americana de análise de mercado In-Stat. O documento estima que a demanda pelos programas é consequência da popularização dos dispositivos com telas sensíveis ao toque – como tablets e smartphones.

De acordo com a empresa, até o fim de 2011, cerca de 90% dos smartphones fabricados no mundo terão tela sensível ao toque presente. Em sete anos, a estimativa é que esse número chegue a 100%. A pesquisa também sugere que os usuários dos sistemas operacionais Android, do Google, e iOS, da Apple, tendem a fazer mais downloads de programas. Só a Apple disponibiliza em sua loja virtual cerca de 500.000 aplicativos, ante 350.000 do Google.

De acordo com a consultoria Forrester Research, o valor desse mercado deve chegar a 38 bilhões de dólares até 2015. Na última segunda-feira, Steve Jobs, presidente-executivo da Apple, afirmou que a empresa repassou cerca de 2,5 bilhões de dólares aos desenvolvedores independentes de programas que criam atrações para os dispositivos da marca. Os aplicativos são vendidos pela Apple, que fica com uma porcentagem do preço pago pelo usuário.

Acompanhe tudo sobre:AppsIndústria eletroeletrônicaSmartphonesSoftwareTablets

Mais de Tecnologia

TikTok passa a testar vídeos de 60 minutos e acirra disputa com YouTube

Como tirar o online do WhatsApp no Android? Confira o tutorial no app

Como escanear documentos no seu smartphone sem instalar nada

Como descobrir uma fonte a partir da imagem pela internet

Mais na Exame