Acompanhe:

Apple e Google controlarão dados de usuários em ferramenta para covid-19

Gigantes da tecnologia avisaram os usuários da coleta de dados, mas garantiram que o sistema será desativado ao final da pandemia

Modo escuro

Continua após a publicidade
Apple: (File Photo/Reuters)

Apple: (File Photo/Reuters)

A
AFP

Publicado em 25 de abril de 2020 às, 10h33.

Apple e Google revelaram nesta sexta-feira que os usuários da ferramenta que estão desenvolvendo para monitorar eventuais contatos com infectados pela covid-19 poderão controlar seus dados e que o sistema será desativado ao final da pandemia. 

As duas grandes empresas do Silicon Valley apresentaram há duas semanas uma ferramenta inédita que permitirá aos smartphones com o sistema operacional iOS, da Apple, ou Android, do Google, trocar informações através do Bluetooth para que os usuários saibam se cruzaram com uma pessoa diagnosticada com o novo coronavírus.

Esta tecnologia provoca preocupação sobre o respeito à privacidade dos usuários, o que levou Apple e Google a esclarecer nesta sexta-feira alguns detalhes técnicos da ferramenta.

"Cada usuário deverá escolher explicitamente se ativa a ferramenta. Também poderá ser desativada a qualquer momento por ele", escreveram Apple e Google em comunicado conjunto.

"Este sistema não recolhe informação sobre a localização do seu aparelho ou compartilha sua identidade com os demais usuários, sejam de Google ou Apple. O usuário controla todos os dados que deseja compartilhar e a decisão de fazê-lo ou não".

A ferramenta estará disponível no início de maio e as autoridades de saúde terão acesso às informações, mas deverão "respeitar critérios específicos sobre a vida privada, a segurança e o controle de dados".

"Os dados de notificação sobre a exposição" serão "conservados e administrados nos próprios aparelhos" e não nos servidores das autoridades de saúde, destaca o comunicado, acrescentando que a ferramenta será desativada nas regiões já livres da pandemia.

Últimas Notícias

Ver mais
Apple desiste de carro elétrico, EUA revisa PIB e balanços: 3 assuntos que movem o mercado
seloMercados

Apple desiste de carro elétrico, EUA revisa PIB e balanços: 3 assuntos que movem o mercado

Há 14 horas

Google faz teste de ferramenta de IA com jornalistas
Inteligência Artificial

Google faz teste de ferramenta de IA com jornalistas

Há 15 horas

Apple desiste de fabricar carros elétricos após 10 anos de pesquisa
Tecnologia

Apple desiste de fabricar carros elétricos após 10 anos de pesquisa

Há 16 horas

Notificações e mapas: Google anuncia novidades para o Wear OS
Tecnologia

Notificações e mapas: Google anuncia novidades para o Wear OS

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais