Fintech reduz em 93% a espera dos clientes para falar com empresas

A fintech paulistana Conta Simples é um misto de plataforma de gestão financeira e conta bancária para empresas
 (Germano Lüders/Exame)
(Germano Lüders/Exame)
Por Leo BrancoPublicado em 24/02/2022 05:14 | Última atualização em 25/02/2022 12:08Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Uma boa experiência do cliente começa, antes de mais nada, por um atendimento rápido. A fintech paulistana Conta Simples, um misto de plataforma de gestão financeira e conta bancária para empresas, teve grandes avanços nessa frente desde a fundação, em 2019. De lá para cá, a fintech reduziu em 93% a espera do cliente até ser atendido por um representante — passando de 2 horas para, no máximo, 8 minutos. Como?

Assine a EMPREENDA, a nova newsletter semanal da EXAME para quem faz acontecer nas empresas brasileiras!

Uma parte foi consertando o próprio produto. Motivo da maioria dos atendimentos no lançamento do produto, os bugs hoje representam cerca de 30% das chamadas. Ajudou também ter mais braços para dar conta de tirar as dúvidas dos clientes sobre os usos da tecnologia, responsáveis por 70% dos atendimentos hoje em dia. Em dois anos, o número de funcionários triplicou: hoje são 150. Até o fim de 2022 serão 200 novas vagas.

O momento é oportuno para os clientes da Conta Simples. A fintech já captou 150 milhões de reais em investimentos de fundos como Valor Capital e JAM, do fundador do Tinder Justin Mateen.