Acompanhe:

Google destina US$ 800 mi para PMEs e iniciativas contra o coronavírus

O presidente Sundar Pichai anunciou o compromisso da companhia em ajudar pequenas e médias empresas, organizações de saúde, governos e agentes sanitários

Modo escuro

Continua após a publicidade
Google: empresa americana doou 
o equivalente a 250 milhões de dólares em espaço publicitário para ser usado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e mais de 100 agências governamentais no mundo todo (Google/Divulgação)

Google: empresa americana doou o equivalente a 250 milhões de dólares em espaço publicitário para ser usado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e mais de 100 agências governamentais no mundo todo (Google/Divulgação)

C
Carolina Ingizza

Publicado em 27 de março de 2020 às, 14h03.

Última atualização em 27 de março de 2020 às, 14h30.

Para ajudar na crise causada pela pandemia de coronavírus, o Google anunciou na tarde desta sexta-feira, 27, um pacote de 800 milhões de dólares para apoiar pequenas e médias empresas (PMEs), organizações de saúde, governos do mundo todo e agentes sanitários. O comunicado foi feito pelo presidente da empresa, Sundar Pichai, no blog da companhia

Para as pequenas e médias empresas do mundo todo, que sofrem para manter suas operações com o menor número de pessoas circulando, Pichai direcionou 340 milhões de dólares em créditos no Google Ads. Empresas que tiverem utilizado a plataforma no último ano automaticamente receberão créditos, que vão poder ser usados até o final de 2020. 

Em nota, a empresa diz esperar que “essa iniciativa ajude esses pequenos negócios a manter contato com seus clientes durante esse período de distanciamento social.” Não foi divulgado quanto do total será direcionado para empresas brasileiras, mas elas serão contempladas pelo programa de assistência. 

O Google criou também um fundo de 200 milhões de dólares para apoiar ONGs e instituições financeiras de todo o mundo, com o objetivo de facilitar o acesso a crédito para pequenos negócios. A companhia também vai liberar 20 milhões em espaço publicitário para anúncios de utilidade pública voltados para PMEs, como fundos de ajuda humanitária e programas governamentais. 

Além disso, a empresa está destinando o equivalente a 250 milhões de dólares em espaço publicitário para a Organização Mundial da Saúde (OMS) e para mais de 100 agências governamentais em todo o mundo divulgarem informações sobre como evitar a disseminação da doença. No começo do mês passado, o Google já havia se comprometido a doar 25 milhões de dólares. 

Para auxiliar instituições acadêmicas e pesquisadores, a empresa de tecnologia está oferecendo 20 milhões de dólares em créditos na plataforma de nuvem Google Cloud. “O objetivo é aproveitar a capacidade e a infraestrutura de computação do Google para impulsionar o estudo de tratamentos e vacinas, rastrear informações críticas e identificar novas formas de combater o coronavírus”, escreveu Pichai na publicação. As informações sobre como se inscrever no programa de créditos estão no site Google for Education. 

Pichai também colocou os profissionais do Google e da Alphabet à disposição para ajudar tecnicamente na produção de equipamento de proteção pessoal (EPP) e de aparelhos hospitalares usados para tratar pacientes com covid-19. Nos Estados Unidos, a empresa trabalha com a Magid Glove & Safety para impulsionar a produção de 2 a 3 milhões de máscaras nas próximas semanas, que serão doadas para a fundação do Centro de Controle e Prevenção de Doenças americano.

Os funcionários da Alphabet também se disponibilizaram para auxiliar fábricas de equipamentos hospitalares na produção de ventiladores pulmonares, essenciais para o tratamento de casos graves de coronavírus, com seus conhecimentos nas área de engenharia, logística e saúde.

Últimas Notícias

Ver mais
Google lança chip de IA e se firma na corrida tecnológica
Inteligência Artificial

Google lança chip de IA e se firma na corrida tecnológica

Há 15 horas

Saiba tudo que já rolou no evento de novidades do Google
Inteligência Artificial

Saiba tudo que já rolou no evento de novidades do Google

Há um dia

“Adotem as novas tecnologias. Resistir é inútil”, diz CEO brasileiro de uma das big techs dos EUA
seloNegócios

“Adotem as novas tecnologias. Resistir é inútil”, diz CEO brasileiro de uma das big techs dos EUA

Há 2 dias

Governo quer taxar big techs e estuda quatro formas de taxação
Brasil

Governo quer taxar big techs e estuda quatro formas de taxação

Há 3 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais