Consul abre 400 vagas em curso gratuito para empreendedoras

Durante 12 semanas, mulheres empreendedoras de todo o Brasil irão receber conteúdos e exercícios sobre gestão de pequenos negócios pelo WhatsApp
Empreendedorismo feminino: Consul tem 400 vagas para curso pelo WhatsApp (Getty Images/Getty Images for National Geographic Magazine)
Empreendedorismo feminino: Consul tem 400 vagas para curso pelo WhatsApp (Getty Images/Getty Images for National Geographic Magazine)
M
Maria Clara DiasPublicado em 28/03/2022 às 12:35.

A Consul, marca de eletrodomésticos, quer ajudar mulheres líderes Brasil adentro. Para isso, por meio do Instituto Consulado da Mulher, braço social da companhia, está com inscrições abertas para um curso de gestão de pequenos negócios para mulheres empreendedoras. Serão 400 vagas para mentorias gratuitas sobre empreendedorismo pelo WhatsApp.

Garanta o seu lugar entre as melhores do Brasil, entre no Ranking Negócios em Expansão 2022

O curso #EmpreendeNoZap terá duração de 12 semanas, e está com inscrições abertas até 13 de abril. Nas aulas, as empreendedoras terão acesso a conteúdos sobre gestão administrativa e financeira, marketing, vendas, pessoas, formalização e gênero. O conteúdo e os exercícios serão enviados semanalmente por WhatsApp.

Além do conteúdo técnico, o programa também vai selecionar as 50 mulheres com maior pontuação nos cursos para concorrer ao programa de mentoria do Consulado da Mulher, com encontros e mentorias online com executivos da Whirlpool, dona da Consul e das marcas Brastemp e KitchenAid. Já as 25 participantes com melhor desempenho serão premiadas com um eletrodoméstico da Consul.

“A Consul está presente em mais de 60% dos lares brasileiros e queremos participar da vida das pessoas não apenas com nossos produtos, mas, também, com transformação social”, diz Allyne Magnoli, diretora de marketing da Whirlpool no Brasil.

O Consulado trabalha há 20 anos apoiando mulheres em seus negócios — já foram mais de 37.000 beneficiadas e 1.387 projetos apoiados pelo país. "Não há maneira melhor de comemorarmos este marco se não fazendo o que mais gostamos: transformar a vida de mais mulheres e ajudá-las a realizarem seus sonhos”, afirma Leda Böger, diretora do consulado.

Como participar

Para participar do processo seletivo, é preciso ter renda familiar de, no máximo, um salário mínimo por membro da família. Além disso, é necessário ter um negócio informal ou constituído com no mínimo três meses de existência nos ramos de alimentação, lavanderia ou áreas semelhantes.

As interessadas devem preencher uma ficha de inscrição online e responder à pergunta "Por que você tem interesse em participar do Programa de Formação #EmpreendeNoZap?". O formulário está disponível, até 13 de abril, no link.

Assine a EMPREENDA e receba, gratuitamente, uma série de conteúdos que vão te ajudar a impulsionar o seu negócio.