Estamos de cara nova! E continuamos com o conteúdo de qualidade.
Nova Exame

Chilli Beans aposta nas vendas por Instagram para ajudar os franqueados

A rede de óculos cria plataforma para que as vendas do e-commerce sejam redirecionadas ao lojista mais próximo do cliente

A rede de franquias de óculos Chilli Beans desenvolveu ao longo dos últimos 12 meses estratégias para minimizar o impacto do abre e fecha nas suas quase 900 lojas durante a pandemia. Agora, em abril, a empresa aposta em mais uma ferramenta para aumentar o volume de venda online dos franqueados: o Instagram.

Desde 2017 a marca permite que cada um dos lojistas crie e administre uma página própria na rede social para a sua loja. Segundo o fundador e presidente Caito Maia, a estratégia visa estreitar o laço das lojas com os clientes de cada região. No total, são mais de 800 páginas de franquias da Chilli Beans no Instagram hoje.

A novidade é que a partir da segunda quinzena de abril, a Chilli Beans vai ajudar seus franqueados a criar uma loja virtual completa na rede social, com fotos profissionais do estoque e até mesmo patrocínio nas publicações. Além disso, cada um desses perfis estará conectado ao e-commerce da marca, que vai redirecionar os pedidos recebidos na central para a loja mais próxima do cliente. "Se o vendedor tiver o produto no estoque e puder atender, o cliente pode receber o pedido em casa no mesmo dia", diz Maia.

O fundador diz que o objetivo da estratégia é dar ainda mais visibilidade digital para a sua rede de lojistas, ainda que isso custe perder o faturamento das vendas no e-commerce central. "É importe para nós ter o franqueado bem, é um ciclo. Se ele vende mais, ele demanda mais mercadoria da matriz e assim por diante", afirma.

Em 2020, a Chilli Beans fez altos investimentos no digital. As vendas online, que representavam 3% do total, mais que dobraram de tamanho e ganharam novos formatos, como a venda comissionada pelo WhatsApp e as lives de produtos. "Fizemos em dezembro uma live commerce em parceria com o Omelete para uma coleção geekie que foi um sucesso. Vamos investir nesse nicho ao longo do ano", diz Maia.

Nas lojas, a pandemia também causou mudanças. Se antes a Chilli Beans era conhecida no mercado brasileiro apenas óculos de sol, agora ela também entra com força no mercado de óculos de grau, ocupando espaço de mercado deixado por dezenas de pequenas óticas que fecharam as portas no ano passado. 

Mesmo com as adaptações, a rede teve faturamento menor em 2020 que no ano anterior. Foram 550 milhões contra 600 milhões de reais em 2019. Para este ano, com a vacinação acelerando e os novos projetos, Maia espera que a rede retome os 600 milhões de faturamento e volte a crescer com mais força em 2022.

De 0 a 10 quanto você recomendaria Exame para um amigo ou parente?

Clicando em um dos números acima e finalizando sua avaliação você nos ajudará a melhorar ainda mais.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também