Acompanhe:

Brasil, África do Sul e Índia discutem projetos para pequenas empresas

Sebrae, Seda e Nsic, instituições apoiadoras das micro e pequenas empresas do Brasil, África do Sul e Índia, respectivamente, participam do IV Encontro de Cúpula Tri-Nations, quarta-feira (14), em Brasília

Modo escuro

Continua após a publicidade
As três edições anteriores do Tri-Nations ocorreram em Durban (África do Sul) em 2006, Belo Horizonte, em 2007, e Nova Deli (Índia), em 2008 (.)

As três edições anteriores do Tri-Nations ocorreram em Durban (África do Sul) em 2006, Belo Horizonte, em 2007, e Nova Deli (Índia), em 2008 (.)

V
Vanessa Brito, da Agência Sebrae de Notícias

Publicado em 10 de outubro de 2010 às, 03h34.

Brasília - O convênio de cooperação internacional entre as instituições apoiadoras das micro e pequenas empresas será tema do IV Encontro de Cúpula Tri-Nations, na próxima quarta-feira (14), no Centro de Convenções Brasil 21, em Brasília. Dirigentes e técnicos do Sebrae, Seda (Small Enterprise Development Agency), da África do Sul, e NSIC (National Small Industries Corporation), da Índia, estarão presentes ao evento, assim como representantes de órgãos federais que possuem programas de intercâmbio internacional.

As três edições anteriores do Tri-Nations ocorreram em Durban (África do Sul) em 2006, Belo Horizonte, em 2007, e Nova Deli (Índia), em 2008. O evento não foi realizado no ano passado, em decorrência da solicitação da NSIC para adiar para este ano por motivo de saúde do primeiro ministro indiano.

O Tri-Nations tem motivação política governamental e foi criado em 2006 no âmbito do Fórum Índia, Brasil e África do Sul para tratar especificamente do apoio ao desenvolvimento das micro e pequenas empresas. O convênio de cooperação internacional tem o objetivo de estabelecer a troca de conhecimento, metodologias, ferramentas, projetos e programas implementados pelas três instituições em seus países. O Sebrae já tinha ações de cooperação com a Seda, desde 2002, e com o NSIC, a partir de 2005.

Durante o evento no próximo dia 14, as três instituições vão fazer um balanço dos resultados obtidos da cooperação em prol do desenvolvimento dos pequenos negócios. No Brasil, se destacam os seguintes frutos: o programa de agentes locais de inovação do Sebrae, cuja idéia foi importada da Índia; a Bolsa de Negócios, que está sendo preparada e traduzida para integrar as bases das três instituições, visando a identificação e localização de empresas compradoras e fornecedoras credenciadas na Índia e África do Sul pelos empresários brasileiros e vice-versa; e a transferência de conhecimento e metodologias do Sebrae, por meio dos cursos de capacitação, que estão sendo ministrados aos técnicos da Seda (África do Sul).

Outra ação a ser implementada é o Programa de Incubação Cruzada, em fase final de elaboração. "Trata-se de iniciativa muito interessante, pois vai identificar incubadoras e parques tecnológicos com capacidade de abrigar empreendedores e empresas brasileiras, indianas e sul-africanas nos três países", explica Vinicius Lages, gerente da Unidade de Assessoria Internacional (Uain) do Sebrae. Esse programa visa facilitar a internacionalização das micro e pequenas empresas e de seus produtos e serviços, permitindo o cruzamento de interesses, acrescenta. "Estamos construindo pontes e uma plataforma comum que possibilitará às empresas ter penetração nesses mercados, por meio do estabelecimento de boas relações internacionais, que geram informações relevantes para a inteligência de mercado e o posicionamento da MPE dos três países", ressalta Vinicius.


No futuro próximo, alianças tecnológicas e joint-venture entre micro e pequenas empresas brasileiras, indianas e sul-africanas poderão ocorrer em decorrência do convênio de cooperação internacional entre as três instituições. "A nossa proposta é que as relações com parceiros internacionais estejam baseadas no intercâmbio de conhecimento e estabelecimento de confiança mútua, onde todos ganham, criando um ambiente propício para os negócios internacionais", enfatiza o gerente do Sebrae.

Ao final do IV Tri-Nations, os representantes das três instituições vão redigir um comunicado oficial, que será lido na IV Conferência Índia, Brasil e África do Sul (IBAS), no dia 15, para os chefes de Estado dos três países, que estarão participando do evento no Palácio do Itamaraty. Está prevista a transmissão da presidência da Conferência IBAS, atualmente ocupada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, à Jacob Zuma, presidente da África do Sul.

Na próxima semana, um grupo de técnicos da Seda e de instituições similares de Moçambique, Guiné Bissal, Cabo Verde, Paraguai, Bolívia, Colômbia, Peru e República Dominicana vão participar da I Semana de Capacitação do Sistema Sebrae 2010, em Brasília. Depois, os técnicos sul-africanos vão participar da Oficina Sebrae de Empreendedorismo (uma espécie de Empretec Simplificado, voltado a empresários com baixa instrução), no Rio Grande do Norte.

Serviço:
IV Tri-Nations
Data: 14 de abril
Local: Centro de Convenções Brasil 21
IV Conferência Índia, Brasil e África do Sul (IBAS)
Data: 15 de abril
Local: Palácio do Itamaraty


Últimas Notícias

Ver mais
Brasil regula abate e processamento de animais para mercado religioso
EXAME Agro

Brasil regula abate e processamento de animais para mercado religioso

Há um dia

Eleição na Índia: maior votação do planeta começa nesta sexta; entenda o processo
Mundo

Eleição na Índia: maior votação do planeta começa nesta sexta; entenda o processo

Há 2 dias

Calor letal: queima de combustíveis fósseis mata cada vez
ESG

Calor letal: queima de combustíveis fósseis mata cada vez

Há 2 dias

Importação de aço chinês bate recorde na América Latina e cresce pressão do setor por tarifas
Economia

Importação de aço chinês bate recorde na América Latina e cresce pressão do setor por tarifas

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais