Acompanhe:

BNDES irá suspender pagamento de dívidas de micro e pequenas empresas

Nova rodada de suspensão temporária terá prazo de até seis meses e deve impactar cerca de 100.000 empresas

Modo escuro

Continua após a publicidade
BNDES: banco anunciou novo prazo de suspensão de pagamento de empréstimos de pequenas empresas (Pilar Olivares/Reuters)

BNDES: banco anunciou novo prazo de suspensão de pagamento de empréstimos de pequenas empresas (Pilar Olivares/Reuters)

M
Maria Clara Dias

Publicado em 29 de abril de 2021 às, 15h57.

Última atualização em 29 de abril de 2021 às, 16h13.

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou nesta quinta-feira, 29, a abertura de um novo prazo de seis meses de suspensão para os pagamentos de empréstimos feitos por micro e pequenos empreendedores. O esforço visa trazer maior fôlego para pequenas e médias empresas que sofreram com a crise econômica causada pela pandemia de covid-19.

Aprenda a empreender com quem já conquistou o sucesso no próprio negócio. Cadastra-se no projeto Mentoria de Impacto e garanta sua vaga

O período de suspensão do pagamento dos débitos será de até seis meses. Pela primeira vez, o BNDES também irá permitir a prorrogação do prazo total de financiamento em até 18 meses. Com a nova ação, cerca de 100.000 micro e pequenas empresas devem ser impactadas, que juntas tomaram cerca de 2,9 bilhões de reais em empréstimos.

Para ter acesso à suspensão das prestações, os empreendedores devem negociar diretamente com o agente financeiro concessor do financiamento, e os pedidos já podem ser feitos a partir de hoje.

Segundo o BNDES, não estão incluídos nessa possibilidade os empréstimos tomados na modalidade do Programa Emergencial de Acesso ao Crédito (PEAC); empréstimos que contam com fundo garantidor ou subvenção econômica; empréstimos tomados para negócios no comércio exterior ou contratados pela administração pública; e dívidas agrícolas já renegociadas.

“As micro e pequenas empresas poderão contar com esse alívio no caixa e, com isso, acreditamos aumentar as chances de elas superarem a crise e manterem empregos”, disse Bruno Laskowski, diretor de Participações, Mercado de Capitais e Crédito Indireto.

Em 2020, o BNDES já havia disponibilizado duas rodadas de suspensão de pagamentos, que totalizaram 3,1 bilhões de reais em empréstimos, vindos de 29.000 empresas com 2,5 milhões de trabalhadores.

As principais atualizações sobre o empreendedorismo brasileiro você encontra na EXAME. Assine agora.

Últimas Notícias

Ver mais
Empreendedor Individual deve enviar declaração até dia 30 de junho; veja como fazer
seloPME

Empreendedor Individual deve enviar declaração até dia 30 de junho; veja como fazer

Há um ano

Além das salas de aula: 4 maneiras de aprender mais sobre empreendedorismo
seloPME

Além das salas de aula: 4 maneiras de aprender mais sobre empreendedorismo

Há um ano

Bolsonaro sanciona Pronampe; estimativa de crédito para MPEs é de R$ 50 bi
seloPME

Bolsonaro sanciona Pronampe; estimativa de crédito para MPEs é de R$ 50 bi

Há um ano

3 cases de inovação aberta - o que podemos aprender com eles?
seloPME

3 cases de inovação aberta - o que podemos aprender com eles?

Há um ano

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais