Acompanhe:

Bloomberg cria fundo de US$ 75 mi para startups

O grupo de mídia está em busca de empresas inovadoras para investir

Modo escuro

Continua após a publicidade

	Terminal de notícias da Bloomberg na Bolsa de Valores de Nova York: investimento em startups
 (Brendan McDermid/Reuters)

Terminal de notícias da Bloomberg na Bolsa de Valores de Nova York: investimento em startups (Brendan McDermid/Reuters)

P
Priscila Zuini

Publicado em 6 de junho de 2013 às, 11h58.

São Paulo – Seguindo a tendência do mercado, a Bloomberg anunciou a criação de um fundo de 75 milhões de dólares para investir em startups. O fundo Bloomberg Beta terá sede em São Francisco, nos Estados Unidos, e será liderado pelo ex-executivo do IGN e presidente da OUYA Roy Bahat. 

Apesar de ser relacionado com o conglomerado de mídia, o fundo deve atuar de forma independente. Segundo o site especializado em startups TechCrunch, nem todas as aquisições devem ser obrigatoriamente estratégicas para o negócio da Bloomberg. 

Startups de big-data, distribuição de conteúdo, novos modelos organizacionais e tecnologias de interação entre humanos e computadores estão no alvo da empresa. Até o momento, nove pequenas empresas já receberam recursos do fundo. 

Segundo o jornal The New York Times, a Codecademy, um site de tutoriais de códigos de programação, e o Newsle, que emite alertas sobre notícias de amigos, estão no portfólio. 

No começo do ano, o mesmo The New York Times havia anunciado a criação de uma incubadora para startups. O objetivo da iniciativa seria aproximar os empreendedores do jornal. Outros grupos de mídia como Conde Nast, Hearst Interactive Media e Time Warner também investem em startups. 

Últimas Notícias

Ver mais
Petz e Cobasi selam ‘fusão de iguais’ que cria gigante de R$ 7 bilhões
Exame IN

Petz e Cobasi selam ‘fusão de iguais’ que cria gigante de R$ 7 bilhões

Há 9 horas

A substituta: o que faz a Deco.cx, a startup carioca vencedora do Web Summit Rio 2024
seloNegócios

A substituta: o que faz a Deco.cx, a startup carioca vencedora do Web Summit Rio 2024

Há 21 horas

“Startups brasileiras sem ambição de serem globais, não têm chance de fazer IPO”, diz Domo.VC
seloNegócios

“Startups brasileiras sem ambição de serem globais, não têm chance de fazer IPO”, diz Domo.VC

Há um dia

Após captar R$ 530 milhões, startup mineira compra novo negócio para acabar com o trauma do RH
seloNegócios

Após captar R$ 530 milhões, startup mineira compra novo negócio para acabar com o trauma do RH

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais