Parques da Disney em Tóquio reabrirão as portas em 1º de julho

Após quatro meses fechados por conta da pandemia de coronavírus, dois parques retomarão as operações para um número limitado de visitantes no Japão

Os parques Disneyland e DisneySea de Tóquio reabrirão as portas em 1º de julho, após quatro meses de suspensão das atividades pela pandemia do novo coronavírus.

A empresa Oriental Land informou que os dois parques retomarão as operações para um número limitado de visitantes que compraram ingressos on-line. Os parques precisarão cumprir medidas rigorosas de distanciamento social e uso de máscaras, além de controlar a temperatura dos clientes.

“Vamos operar os parques com precaução, restringindo o número de visitantes e como caminhadas individuais, assim como uma intensificação dos esforços de limpeza e distanciamento social”, afirmou a Oriental Land em um comunicado.

No mês passado, um grupo de operadores de parques japoneses, incluindo a Oriental Land, publicou documentos sobre como operar de maneira segura sob a ameaça da pandemia. Entre as recomendações, os visitantes receberão pedidos para não gritar nas montanhas russas e outras atrações.

Outros parques da Disney, incluindo os da Califórnia e Paris, já anunciaram a reabertura. A Disneyland de Xangai retomou as atividades em maio.

Os parques da Disney em Tóquio fecharam no fim de fevereiro, quando a epidemia se propagou pelo mundo. Mais de 30 milhões de visitantes frequentam os dois parques japoneses a cada ano.

O país suspende gradualmente as restrições sociais, depois que o governo acabou com o estado de emergência nacional no mês passado.

Espera! Tem um presente especial para você.

Uma oferta exclusiva válida apenas nesta Black Friday.

Libere o acesso completo agora mesmo com desconto:

exame digital

R$ 15,90/mês

R$ 6,36/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

R$ 40,41/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.