Negócios
Acompanhe:

Submarino começa a vender assistência de saúde para pets

Novo serviço funcionará 24 horas e vai incluir consultas, cirurgias e atendimento de emergência a animais de estimação


	Assistência aos animais de estimação: novidade faz parte do plano da B2W de buscar mais rentabilidade
 (Getty Images)

Assistência aos animais de estimação: novidade faz parte do plano da B2W de buscar mais rentabilidade (Getty Images)

T
Tatiana Vaz

25 de abril de 2014, 14h48

São Paulo – O leque de ofertas do site de compras Submarino, da B2W, não pára de crescer – e agora acaba de ganhar mais uma novidade. A partir de hoje, assistência de saúde 24 horas para animais de estimação, os For Pets, poderão ser comprados na loja virtual.

Os donos dos pets poderão optar por modalidades para casos emergenciais ou de rotina veterinária. Cobertura de consultas, hospedagem em hotéis e até implantação de microchip de identificação também estão incluídos nos pacotes.

De acordo com o limite dos pacotes, serviços de orientação jurídica e assistência funeral, por exemplo, estarão disponíveis. Consultas com um veterinário não cadastrado poderão ser reembolsadas, também por esse critério.

O produto é anual e custa a partir de 179,90, com carência de sete dias de uso. O negócio será feito em parceria com as empresas Brasil Assistência e a TRR Securitas, de olho em um mercado que faturou 15,3 bilhões de reais no ano passado.

Mais rentáveis

O Submarino já oferta produtos para 30 categorias, que vão de eletrônicos a, desde o ano passado, viagens. E a ideia é reduzir a participação em setores pouco lucrativos para ampliar as vendas de itens que rendam uma margem mais alta à companhia. 

A última empreitada da empresa de comércio eletrônico na ampliação de ofertas aconteceu em junho do ano passado, com a entrada na categoria de moda e a oferta de roupas e calçados de mais de 100 marcas, como Coca-Cola Clothing, Colcci, Richards e Reserva.

Os resultados animadores, fizeram com que a B2W estendesse a opção também para o site das Lojas Americanas, do mesmo grupo, em abril deste ano