Cobasi recebe aporte de R$ 300 milhões e mira em expansão digital

Conhecida pelos shoppings para animais no Brasil, a empresa vai acelerar sua expansão a partir de aquisição de participação minoritária da Kinea Private Equity
 (damedeeso/Getty Images)
(damedeeso/Getty Images)
Por Victor SenaPublicado em 23/04/2021 11:46 | Última atualização em 23/04/2021 12:45Tempo de Leitura: 2 min de leitura

A Cobasi, rede varejista voltada para os cuidados de animais de estimação, receberá um aporte de R$300 milhões da Kinea Private Equity, um dos principais fundos de private equity do país.

O investimento, feito via aquisição de participação minoritária, terá como objetivo acelerar a expansão de lojas e reforçar sua atuação nos canais digitais e de serviços, além de buscar aquisições estratégicas, de modo a fortificar todo um ecossistema dedicado aos cuidados do animal de estimação. A Cobasi continua a ser controlada pelos sócios fundadores.

  • Quais são as tendências entre as maiores empresas do Brasil e do mundo? Assine a EXAME e saiba mais.

Com mais de 35 anos, a Cobasi faturou mais de R$1,5 bilhão em 2020. Hoje, os canais de venda digitais já representam quase 25% do faturamento total da empresa.

Em nota enviada à imprensa, o cofundador e CEO da Cobasi, Paulo Nassar, afirma que o investimento da Kinea será utilizado na expansão da companhia, aproveitando o potencial do mercado PET. A aposta nos serviços digitais está entre os principais destinos deste investimento.

Segundo o Instituto Pet Brasil, de 2006 para 2019, o faturamento da indústria de produtos para animais de estimação saltou de R$ 3,3 bilhões para R$ 22,3 bilhões no país. Hoje, o Brasil está em quarto lugar no faturamento mundial desses produtos.

Atualmente, a Cobasi atua em 11 estados brasileiros, com mais de 100 lojas e 4.200 colaboradores.

A BR Partners e o Pinheiro Neto Advogados foram os assessores financeiro e jurídico exclusivos dos sócios da Cobasi e da companhia nesta transação, e o Lefosse foi o assessor jurídico da Kinea Private Equity.