Acordo com BID prevê concessão rodoviária entre Mariana e Brumadinho

Com o objetivo de fomentar a economia local, o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais intermediou o projeto e fará sua estruturação

O Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) assinou um acordo com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e o governo do estado de Minas para estruturar o projeto de concessão do lote rodoviário Ouro Preto, que inclui os municípios de Mariana e Brumadinho. O programa tem potencial para atrair um bilhão de reais em investimentos privados.

O projeto de concessão do lote que inclui a ligação entre Mariana e Brumadinho começa a ser estruturado a partir da assinatura do acordo com o BID, que entrará com 650 mil dólares para a contratação de consultores especializados para o projeto, lastreado na obrigação de ressarcimento pelo licitante vencedor.

"Este projeto permitirá, no futuro breve, atrair investimentos robustos. No médio prazo, uma rodovia de maior qualidade facilitará o roteiro turístico, as atividades do comércio e também da população, que se locomove nesse eixo que é muito importante", afirma Sergio Gusmão Suchodolski, presidente do BDMG.

Entre outros objetivos, o projeto pretende dinamizar a economia e o turismo de Mariana e Brumadinho, ambos impactados pelo rompimento de barragens em 2015 e 2019.

O BDMG será responsável por coordenar e integrar os estudos de viabilidade necessários à modelagem do projeto, bem como apoiar a secretaria estadual.

A expectativa é que o lançamento do edital e a posterior assinatura do contrato de concessão ocorram até o final de 2021. O cronograma já leva em consideração o período de isolamento social.

Com o objetivo de fomentar a economia local, o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais intermediou o projeto e fará sua estruturação

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.