Mundo

Trem acidentado na Espanha foi vistoriado ontem

Composição foi vistoriada ontem, após acidente em Santiago de Compostela causou 78 mortes e deixou 130 feridos

Agentes retiram vítimas de trem que descarrilou perto de Santiago de Compostela, Espanha: causas da tragédia serão reveladas em breve, segundo presidente da da Rede Espanhola de Ferrovias (Renfe) (Oscar Corral/Reuters)

Agentes retiram vítimas de trem que descarrilou perto de Santiago de Compostela, Espanha: causas da tragédia serão reveladas em breve, segundo presidente da da Rede Espanhola de Ferrovias (Renfe) (Oscar Corral/Reuters)

DR

Da Redação

Publicado em 28 de julho de 2013 às 09h55.

Madri - A Rede Espanhola de Ferrovias (Renfe) confirmou nesta quinta-feira que a linha onde aconteceu o acidente de trem em Santiago de Compostela, que causou a morte a 78 pessoas, possui um sistema de segurança e que ontem o trem acidentado passou por uma revisão.

Em declarações a uma rádio espanhola, o presidente da Renfe, Julio Gómez-Pomar, disse que a "caixa-preta" do veículo já está com a justiça. O acidente deixou 130 feridos, dos quais 20 estão em estado grave.

Gómez-Pomar afirmou ainda que em breve as causas da tragédia serão reveladas, mas ressaltou que será a justiça quem irá se pronunciar sobre o caso após analisar todas as provas.

O presidente do governo, Mariano Rajoy, irá se reunir hoje em Santiago com o gabinete de crise constituído após o acidente e visitará os feridos nos hospitais.

Acompanhe tudo sobre:acidentes-de-transitoEspanhaEuropamobilidade-urbanaMortesPiigsRenfeTrânsitoTransportesTrens

Mais de Mundo

Chanceler israelense ameaça Hezbollah libanês com 'guerra total'

Alemanha alerta risco de ataques terroristas semelhantes ao de Moscou

Sob críticas da Otan, Putin desembarca na Coreia do Norte para estreitar parceria 'estratégica'

Milei perde apoio em 18 de 24 municípios da Grande Buenos Aires, mostra pesquisa

Mais na Exame