Acompanhe:

Pressão social faz brasileiro economizar energia

Pesquisa mostra que 82% dos brasileiros se sentem pressionados por amigos e familiares a adotar hábitos de consumo mais conscientes

Modo escuro

Continua após a publicidade
Falta informação: apenas 31% dos brasileiros conhecem programas de eficiência energética, que podem ajudam a reduzir os gastos com luz.  (.)

Falta informação: apenas 31% dos brasileiros conhecem programas de eficiência energética, que podem ajudam a reduzir os gastos com luz. (.)

V
Vanessa Barbosa

Publicado em 10 de outubro de 2010 às, 03h37.

São Paulo - Já se vão quinze anos desde a criação, no Brasil, do Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica, o Procel, selo que dá garantia de que um produto gasta menos energia do que outros semelhantes. No entanto, apenas 31% do brasileiros sabem da existência deste ou de outros programas de eficiência energética (como o Ence, do Inmetro) em vigor no país.

Essa é uma das conclusões de um estudo realizado pela empresa de consultoria global Accenture, com 9.108 pessoas em 17 países. Segundo a pesquisa, a pressão social é um dos fatores que mais impulsionam os brasileiros a adotarem hábitos conscientes: 82% disseram se sentir pressionados por amigos, familiares e colegas de trabalho a reduzir o consumo de energia.

No entanto, ainda falta informação sobre como agir. De acordo com o estudo, 28% disseram desconhecer se as prestadoras de serviços de luz oferecem alguma ajuda ou programa de incentivo.

Quando o foco foi o "bolso" do entrevistado, a maioria (82%) revelou que utilizaria programas de gerenciamento de energia em suas residências se tivessem desconto na conta de luz.

Veja outros destaques do estudo sobre os consumidores brasileiros:

 - 27% não acreditam que a consumo de energia tem influência no impacto ambiental.
 - 66% disseram que sabem como otimizar o consumo de energia.
 - 32% acreditam que as empresas de fornecimento de energia são o principal canal para a informação de ações para redução do custo de energia.
 - 78% defendem que o meio mais seguro são ONG’s, escolas ou outras entidades.

Últimas Notícias

Ver mais
Enel SP apresenta a Nunes plano de investimento de R$ 6,2 bilhões entre 2024 e 2026
Brasil

Enel SP apresenta a Nunes plano de investimento de R$ 6,2 bilhões entre 2024 e 2026

Há 15 horas

Nubank aumenta aposta e aporta US$ 100 milhões na operação do México
Exame IN

Nubank aumenta aposta e aporta US$ 100 milhões na operação do México

Há 15 horas

Brasil emplaca o terceiro lugar em instalação de parques eólicos
ESG

Brasil emplaca o terceiro lugar em instalação de parques eólicos

Há 19 horas

CVC Capital Partners quer captar US$ 1,33 bilhão em IPO – se o Oriente Médio deixar
Exame IN

CVC Capital Partners quer captar US$ 1,33 bilhão em IPO – se o Oriente Médio deixar

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais