População da União Europeia atinge 507,4 milhões de pessoas

População da União Europeia chegou a 507,4 milhões de pessoas em 1º de janeiro, em alta devido ao crescimento natural e ao saldo imigratório

A população da União Europeia (UE) chegou a 507,4 milhões de pessoas em 1º de janeiro, em alta devido ao crescimento natural e ao saldo imigratório, segundo estimativas demográficas preliminares divulgadas nesta quinta-feira pela agência europeia de estatísticas Eurostat.

Nos 28 países que compõem atualmente a UE, a população cresceu 100 milhões de habitantes desde 1960, assinala a agência.

Em janeiro de 2013, a UE contava com 505,7 milhões de habitantes.

Esta alta se deve ao crescimento natural da população de 80.000 pessoas, ou seja, a diferença entre nascimentos e falecimentos, assim como o saldo imigratório de 700.000 pessoas e o resto dos aumentos se deve a ajustes estatísticos, explica o comunicado.

Em 2013, foram registrados 5,1 milhões de nascimentos na UE.

A taxa de natalidade diminuiu em relação a 2012, passando de 10,4 a 10,0 nascimentos para 1.000 habitantes.

As taxas de natalidade mais importantes foram registradas na Irlanda (15,0 para 1.000), na França (12,3) e Grã-Bretanha (12,2). As mais baixas foram em Portugal (7,9), na Alemanha, Grécia e Itália (8,5).

A taxa bruta de mortalidade foi de 9,9 falecimentos para 1.000 habitantes, estável em relação a 2012. As mais elevadas foram registradas na Bulgária (14,4), Letônia (14,3) e Lituânia (14,0), e as mais baixas no Chipre (6,0), Irlanda (6,5) e Luxemburgo (7,0).

Quanto ao saldo imigratório positivo, os mais altos foram registrados em Luxemburgo (19,0 por 1.000), Malta (7,6) e Suécia (6,8). Chipre (-13,9), Letônia (-7,1) e Lituânia (-5,7) registraram os saldos negativos mais importantes.

[galeria-abril id='180492' type='list']

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 1,90

Nos três primeiros meses,
após este período: R$ 15,90

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.