Estamos de cara nova! E continuamos com o conteúdo de qualidade.
Nova Exame

Petrobras envia ajuda à BP para limpar Golfo do México

Vazamento de óleo após explosão de plataforma de petróleo em 20 de abril já atingiu a costa americana

Rio de Janeiro - A Petrobras vai ajudar a BP na contenção ao vazamento de óleo ocorrido na semana passada na parte norte-aemricana do Golfo do México, segundo informou nesta quarta-feira o diretor de Exploração e Produção da Petrobras, Guilherme Estrella

Ele disse que uma equipe da estatal já está nos Estados Unidos e que um outro grupo estaria seguindo para o Golfo do México para trabalhar na contenção do óleo.

Estrella destacou que homens da Força Aérea Brasileira estão à disposição das autoridades norte-americanas e da petroleira britânica BP.

"O setor petrolífero mundial está dando apoio geral e irrestrito da BP para o combate a situação lá. É uma questão de solidariedade e responsabilidade planetária", declarou Estrella a jornalistas após evento da Associação Comercial do Rio de Janeiro.

"A equipe conta com cerca de vinte pessoas incluindo especialistas em segurança e meio ambiente, tem gente da Marinha, Força Aérea, do Ministério do Meio Ambiente e gente nossa", acrescentou o executivo.

Estrella afirmou que a estatal aguarda um posicionamento formal do governo norte-americano sobre a exploração de petróleo em alto mar nos EUA, para então analisar a situação da Petrobras no Golfo do México

A empresa detêm dois campos na região, Cascade e Chinook, que devem iniciar a produção de óleo este ano. "A programação já estava adiantada para o início da produção lá", afirmou o diretor.

Na terça-feira, o presidente da estatal, José Sérgio Gabrielli, disse que apesar do acidente da BP o cronograma da operação da empresa está garantido e a plataforma Cascade-Chinook deve começar a operar na segunda metade de 2010.

O executivo frisou ainda que Gabrielli é favorável à criação de um monitoramento e de uma atuação global contra acidentes e vazamentos que reuniria todas as empresas de petroléo do mundo.
 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também