Nunca estivemos tão perto de acordo com Irã, diz Alemanha

Segundo chanceler alemão, acordo resolveria o impasse nuclear de uma vez por todas

Nova York - As seis potências mundiais nunca estiveram tão perto de um acordo com o Irã que resolveria o impasse nuclear de uma vez por todas, mas a fase final de negociações será a mais difícil, afirmou o ministro das Relações Exteriores da Alemanha nesta quinta-feira.

"Nós nunca estivemos tão perto de um acordo como agora. Mas a verdade é que a fase final das negociações é provavelmente a mais difícil", disse o ministro Frank-Walter Steinmeier a repórteres após reunião com o presidente do Irã, Hassan Rouhani, nos bastidores da Assembleia-Geral da ONU. 

"Agora é a hora de acabar com este conflito. Espero que o Irã...tendo em vista a situação no mundo e a situação no Oriente Médio, saiba e sinta que um colapso das negociações agora não é permitido."

Autoridades diplomáticas dos Estados Unidos, Grã-Bretanha, China, França, Alemanha, Rússia e Irã se encontram nesta semana em Nova York.

Os dois lados estabeleceram o prazo de 24 de novembro para firmar um acordo de longo prazo que daria fim às sanções contra Teerã, em troca da desaceleração de seu programa nuclear.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.