Mundo

Novo Passat deve ser mais leve e ecológico

Sedã pode usar plataforma de Golf e Audi A3

Pouco se sabe sobre as opções de motorização, mas uma opção híbrida do tipo plug-in estaria nos planos da VW (Divulgação)

Pouco se sabe sobre as opções de motorização, mas uma opção híbrida do tipo plug-in estaria nos planos da VW (Divulgação)

DR

Da Redação

Publicado em 5 de janeiro de 2012 às 18h03.

São Paulo - O Passat ainda tem cheiro de novidade no Brasil, mas na Europa a Volkswagen já estaria pensando em seu substituto, que chegaria ao Velho Continente em 2014.

Segundo informações do site holandês Autoweek, a nova geração do sedã usará a plataforma MQB, que no Grupo Volkswagen também servirá aos novos Audi A3 e VW Golf.

Com a adoção desta nova plataforma, o Passat deve “emagrecer” 50 quilos em relação ao modelo atual.

Pouco se sabe sobre as opções de motorização, mas uma opção híbrida do tipo plug-in estaria nos planos da VW.

As motorizações a gasolina devem contar com uma série de tecnologias para atender às rígidas normas de emissões de poluentes na Europa, como o sistema start-stop e catalisadores mais desenvolvidos no caso dos motores a diesel.

Acompanhe tudo sobre:AutoindústriaCarrosCarros elétricosCarros híbridosEmpresasEmpresas alemãsMontadorasVeículosVolkswagen

Mais de Mundo

Biden usa condenação de Donald Trump para pedir doações para campanha nas redes sociais

Trump vai ser preso? Quando sai a sentença? Veja respostas

Com novo primeiro-ministro, Haiti se debate entre a esperança e a prudência

Trump é condenado por fraude em processo envolvendo suborno a ex-atriz pornô

Mais na Exame