Merkel promete apoio às forças de segurança da Bélgica

Além disso, Merkel comprometeu-se a apoiar o país na busca pelos responsáveis pelos atentados

Berlim - A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, prestou suas condolências nesta terça-feira após os ataques terroristas na Bélgica.

Além disso, Merkel comprometeu-se a apoiar o país na busca pelos responsáveis pelos atentados.

Merkel disse que falou por telefone com o primeiro-ministro belga, Charles Michel.

"Nós iremos de todas maneiras trabalhar com o governo dele e com as forças de segurança belgas a fim de encontrar aqueles culpados pelos crimes de hoje, prendê-los e puni-los", afirmou a chanceler.

A autoridade alemã também pediu unidade aos membros da União Europeia e que o bloco fique firme na defesa de seus valores de "liberdade, democracia e de viver juntos em paz".

"Nossa força está na nossa união", afirmou Merkel. "Nossas sociedades livres irão mostrar a si mesmas que são mais fortes que o terrorismo."

Merkel informou ainda que estão sendo tomadas medidas de segurança mais duras nas fronteiras alemãs e em estações de trem, como precaução. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.