Mundo

300 mil refugiados cruzaram o Mediterrâneo em 2015, diz ONU

O número supera em 40% o recorde registrado nos últimos anos


	A maioria dos passageiros resgatados pela Guarda Costeira italiana é proveniente da Síria, Bangladesh e África subsaariana: o número divulgado pela ONU supera em 40% o recorde registrado nos últimos anos
 (REUTERS/Guglielmo Mangiapane)

A maioria dos passageiros resgatados pela Guarda Costeira italiana é proveniente da Síria, Bangladesh e África subsaariana: o número divulgado pela ONU supera em 40% o recorde registrado nos últimos anos (REUTERS/Guglielmo Mangiapane)

DR

Da Redação

Publicado em 28 de agosto de 2015 às 15h10.

Genebra - Mais de 300 mil imigrantes cruzaram o Mar Mediterrâneo em 2015, de acordo com Agência da Organização das Nações Unidas para Refugiados (Acnur).

O número supera em 40% o recorde registrado nos últimos anos.

Ainda de acordo com a agência, 200 mil imigrantes desembarcaram na Grécia neste ano.

As ilhas orientais do país receberam um fluxo noturno de centenas de refugiados sírios que cruzaram o Mediterrâneo em barcos e botes infláveis.

O fluxo de imigrantes na Grécia neste em 2015 se aproxima do recorde de 219 mil refugiados que atravessaram o Mediterrâneo no ano passado. 

Acompanhe tudo sobre:EuropaImigraçãoONU

Mais de Mundo

Nova York aprova leis para limitar uso de redes sociais por jovens

Como a renda básica a moradores de rua fez essa cidade nos EUA poupar US$ 589 mil

Os EUA vão proibir antivírus Kaspersky no país por 'risco de segurança'; entenda

Bailarina americana doa US$ 50 para instituição da Ucrânia e pode ser presa; entenda

Mais na Exame