Louvre reabre após quatro meses e restringe Mona Lisa — veja fotos

O museu mais visitado do mundo reabriu as portas nesta segunda-feira, 6, com protocolos mais rígidos de segurança diante do coronavírus

Uma das principais atrações turísticas da França, o Museu do Louvre, em Paris, reabriu para o público nesta segunda-feira, 6, depois de permanecer quase quatro meses fechado por causa da pandemia do coronavírus.

Para evitar aglomerações, o museu adotou novos protocolos de segurança, incluindo um controle mais rígido de acesso à obra de arte mais famosa do mundo, a “Mona Lisa”.

O quadro de Leonardo da Vinci costuma provocar tumulto pelo grande número de pessoas afoitas por uma selfie. Para reduzir a confusão, a Sala dos Estados, onde é exposta a obra, conta agora com portas separadas de entrada e saída, obrigando os visitantes a seguirem um itinerário único. Sinais no chão lembrarão as pessoas de manterem o distanciamento social. Os visitantes poderão entrar em uma das duas filas e ficar alguns minutos diante de Mona Lisa, a três metros de distância.

Algumas salas continuarão fechadas, mas não faltará o que ver: são mais de 32.000 obras distribuídas em 45.000 metros quadrados abertos ao público. Inaugurado em 1793, o Louvre é o museu mais visitado do mundo, e recebe por ano cerca de 10 milhões de pessoas, número superior ao de turistas estrangeiros que visitam o Brasil a cada ano (menos de 7 milhões).

Com a União Europeia ainda fechada para turistas da maioria dos países fora do continente, incluindo o Brasil, a previsão é que o museu receba este ano menos de 2 milhões de visitantes.

Veja abaixo as fotos do primeiro dia de reabertura do Louvre.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?

Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?

Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.