Garrafas com rótulos em chinês são novas pistas do voo MH370

Uma garrafa com inscrições em chinês e outra em indonésio foram encontradas próximas à praia onde surgiu um pedaço da ala de avião


	Garrafa foi encontrada próxima à praia onde surgiu um pedaço da ala de avião
 (REUTERS/ Prisca Bigot)

Garrafa foi encontrada próxima à praia onde surgiu um pedaço da ala de avião (REUTERS/ Prisca Bigot)

DR

Da Redação

Publicado em 31 de julho de 2015 às 10h40.

Paris - Uma garrafa com inscrições em chinês e outra em indonésio foram encontradas nesta sexta-feira perto da praia da ilha francesa de Reunião, no oceano Índico, onde na quarta-feira passada surgiu um pedaço de ala de avião que pode pertencer ao boeing do voo MH370 de Malaysia Airlines que sumiu em março de 2014.

Segundo o meio digital da ilha, o "Linfo.re", se trata de uma garrafa de água com a etiqueta em chinês e de um produto de limpeza indonésio, encontrados perto do local no qual apareceram os destroços do avião.

No local apareceu também ontem uma mala que é analisada pelos investigadores.

Os destroços de avião achados na quarta-feira passada vão ser levados esta mesma noite para um laboratório especializado da Aeronáutica francesa situado em Toulouse, no sul do país.

Mais de Mundo

Ordem judicial retira da oposição venezuelana o controle de um de seus maiores partidos

Equador captura líder criminoso foragido que ameaçou procuradora-geral

Polônia indica que poderia abrigar armas nucleares de outros membros da Otan para conter Rússia

Após prisões em Columbia, protestos contra a guerra em Gaza se espalham por universidades dos EUA

Mais na Exame