Filho de Kadafi afirma que regime não cometeu crimes contra o povo

Saif Kadafi comparou as acusações aos relatórios que mostravam armas de destruição em massa em poder de Saddam Hussein, antes da invasão ao Iraque

Washington - Saif al-Islam Kadafi, filho de Muammar Kadafi, negou que o regime líbio tenha cometido qualquer crime contra o povo, em uma entrevista ao jornal Washington Post.

"Não cometemos nenhum crime contra nosso povo", declarou Kadafi, 38 anos, ao desmentir as acusações de que as forças líbias estão bombardeando os manifestantes antigovernamentais.

Ele comparou as acusações aos relatórios prévios à guerra no Iraque que afirmavam que o regime de Saddam Hussein escondia armas de destruição em massa.

"É exatamente como as armas de destruição em massa. Armas de destruição em massa, armas de destruição em massa, armas de destruição em massa! Vai e ataca o Iraque. Civis, civis, civis! Vai e ataca a Líbia. É a mesma coisa", disse.

A Otan comanda o respeito a uma zona de exclusão aérea aprovada pela ONU para defender os civiles e pede a Kadafi que abandone o poder.

O filho do ditador líbio afirmou ainda ter nomeado para o governo muitos reformistas, mas destacou que vários passaram para o lado da rebelião e têm papéis importantes no Conselho Nacional de Transição (CNT), órgão insurgente.

Saif disse ainda que a rebelião é controlada pela Al-Qaeda e negou as acusações de ataques do regime contra civis em Misrata.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.