Mundo

Estado Islâmico diz ter abatido avião russo no Egito

No Twitter, ramo egípcio do grupo jihadista Estado Islâmico afirmou ser o responsável pela queda do avião fretado russo que caiu e matou 224 pessoas


	Estado Islâmico: "Os soldados do Califado foram capazes de derrubar um avião russo na província do Sinai", disse o grupo no Twitter
 (AFP)

Estado Islâmico: "Os soldados do Califado foram capazes de derrubar um avião russo na província do Sinai", disse o grupo no Twitter (AFP)

DR

Da Redação

Publicado em 31 de outubro de 2015 às 11h31.

O ramo egípcio do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) afirmou neste sábado no Twitter ser o responsável pela queda do avião fretado russo que caiu no Sinai egípcio, causando 224 mortes.

"Os soldados do Califado foram capazes de derrubar um avião russo na província do Sinai que transportava mais de 220 cruzados que foram todos mortos", afirma o grupo extremista em um comunicado publicado em suas contas no Twitter, indicando que agiu em retaliação à intervenção russa na Síria.

Acompanhe tudo sobre:acidentes-de-aviaoÁfricaÁsiaAviõesEgitoEstado IslâmicoEuropaRússiaTerrorismoTransportesVeículos

Mais de Mundo

Trump pede apoio de evangélicos nas eleições de novembro

Bombardeio aéreo russo atinge prédio residencial e deixa três mortos e 37 feridos, afirma Ucrânia

Egito quer penalizar empresas turísticas pelas mortes de peregrinos em Meca

Governo colombiano inicia diálogo com dissidência das Farc

Mais na Exame