Acompanhe:

Espanha homenageia vítimas de acidente de trem

Cerimônia será na catedral de Santiago de Compostela, cidade de peregrinação mundialmente famosa onde o trem descarrilou

Modo escuro

Continua após a publicidade

	Flores em homenagem às vítimas: número de mortos subiu para 79, depois que uma pessoa ferida morreu no domingo
 (Miguel Vidal/Reuters)

Flores em homenagem às vítimas: número de mortos subiu para 79, depois que uma pessoa ferida morreu no domingo (Miguel Vidal/Reuters)

T
Tracy Rucinski

Publicado em 29 de julho de 2013 às, 08h20.

Santiago de Compostela - A Espanha vai realizar nesta segunda-feira uma homenagem às 79 pessoas que morreram no pior desastre ferroviário no país em décadas, horas após o maquinista da composição ter sido solto da prisão enquanto aguarda o julgamento sob a acusação de homicídio por imprudência.

A cerimônia será às 19h (14h no horário de Brasília) na catedral de Santiago de Compostela, uma cidade de peregrinação mundialmente famosa, no noroeste da Espanha, onde o trem de alta velocidade descarrilou.

O primeiro-ministro Mariano Rajoy, vários ministros e os filhos do rei, príncipe Felipe e infanta Elena, vão comparecer.

Às 20h41 da quarta-feira (hora local), o trem de alta velocidade com oito vagões descarrilou e pegou fogo depois de bater em uma parede de concreto. O impacto foi tão forte que um dos vagões foi arremessado a vários metros de distância.

O número de mortos subiu para 79, depois que uma pessoa ferida - uma mulher dos Estados Unidos - morreu no domingo. Setenta pessoas permanecem hospitalizadas, 22 em estado crítico.

O maquinista, Francisco Garzon, de 52 anos, aparentemente entrou em velocidade muito alta numa curva apertada. Ele estava detido desde quinta-feira. O juiz Luis Alaez acusou Garzon por "79 homicídios e vários crimes de lesão corporal, todos cometidos por imprudência profissional", disse o tribunal em um comunicado na noite de domingo.

Últimas Notícias

Ver mais
Irmão de Joe Biden depõe em investigação de republicanos sobre presidente
Mundo

Irmão de Joe Biden depõe em investigação de republicanos sobre presidente

Há 10 horas

Parlamento de Israel favorece Netanyahu e rejeita reconhecimento unilateral de Estado palestino
Mundo

Parlamento de Israel favorece Netanyahu e rejeita reconhecimento unilateral de Estado palestino

Há 10 horas

Desabamento de mina deixa ao menos 25 mortos na Venezuela
Mundo

Desabamento de mina deixa ao menos 25 mortos na Venezuela

Há 10 horas

Mãe de Alexei Navalni entra com ação judicial para liberação de corpo do ativista
Mundo

Mãe de Alexei Navalni entra com ação judicial para liberação de corpo do ativista

Há 11 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais