Acompanhe:

Uma nova política da Aerolíneas Argentinas vem chamando a atenção desde o início do ano.

De acordo com o Valor Econômico, a partir de agora, o estrangeiro que quiser embarcar para a Argentina deve apresentar no check-in um comprovante da passagem de volta e com validade de até 90 dias do início da viagem.

As pessoas com algum tipo de visto especial, como de trabalho ou estudante, não precisam cumprir exigência.

Por enquanto, essa medida não está sendo adotada de forma oficial pelas outras empresas que têm rotas para a Argentina.

De acordo com o Valor, a GOL não pede passagem de volta, mas alerta os turistas que a imigração argentina pode fazer essa exigência. A Latam, por enquanto, também não adotou esse protocolo.

Ao jornal, o Itamararty declarou que “tem conhecimento de relatos de inadmissão de estudantes brasileiros na Argentina e realizou gestões sobre o tema junto às autoridades argentinas”. De acordo com o ministério, “as autoridades locais indicaram a necessidade de que os estudantes brasileiros ingressem na Argentina usando o visto apropriado”.

Durante sua campanha, o então candidato Javier Milei mostrou em diversos momentos vontade de mudar a política de ingresso no sistema público da educação superior. Entre os pontos discutidos  a cobrança de taxas de estudantes estrangeiros - até como forma de diminuir os gastos do governo com educação e coibir a presença de não residentes nas universidades públicas locais.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Sindicato argentino retoma protestos contra demissões em massa no Estado
Mundo

Sindicato argentino retoma protestos contra demissões em massa no Estado

Há 15 horas

Após demissões em massa no Estado, governo Milei enfrenta protestos e ameaças de greve
Mundo

Após demissões em massa no Estado, governo Milei enfrenta protestos e ameaças de greve

Há um dia

FMI considera 'impressionante' progresso na Argentina com governo Milei
Mundo

FMI considera 'impressionante' progresso na Argentina com governo Milei

Há um dia

Funcionários públicos protestam na Argentina contra demissões em massa
Mundo

Funcionários públicos protestam na Argentina contra demissões em massa

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais