• AALR3 R$ 20,29 0.74
  • AAPL34 R$ 67,40 -2.05
  • ABCB4 R$ 16,73 -0.18
  • ABEV3 R$ 14,19 0.78
  • AERI3 R$ 3,63 -6.20
  • AESB3 R$ 10,65 -2.92
  • AGRO3 R$ 31,09 0.61
  • ALPA4 R$ 20,82 0.29
  • ALSO3 R$ 19,15 -1.64
  • ALUP11 R$ 27,31 0.52
  • AMAR3 R$ 2,40 -2.83
  • AMBP3 R$ 30,55 -1.99
  • AMER3 R$ 22,85 -5.07
  • AMZO34 R$ 63,86 -2.50
  • ANIM3 R$ 5,36 -3.42
  • ARZZ3 R$ 79,90 0.49
  • ASAI3 R$ 15,91 0.25
  • AZUL4 R$ 20,78 -5.37
  • B3SA3 R$ 12,02 -0.66
  • BBAS3 R$ 37,75 -0.57
  • AALR3 R$ 20,29 0.74
  • AAPL34 R$ 67,40 -2.05
  • ABCB4 R$ 16,73 -0.18
  • ABEV3 R$ 14,19 0.78
  • AERI3 R$ 3,63 -6.20
  • AESB3 R$ 10,65 -2.92
  • AGRO3 R$ 31,09 0.61
  • ALPA4 R$ 20,82 0.29
  • ALSO3 R$ 19,15 -1.64
  • ALUP11 R$ 27,31 0.52
  • AMAR3 R$ 2,40 -2.83
  • AMBP3 R$ 30,55 -1.99
  • AMER3 R$ 22,85 -5.07
  • AMZO34 R$ 63,86 -2.50
  • ANIM3 R$ 5,36 -3.42
  • ARZZ3 R$ 79,90 0.49
  • ASAI3 R$ 15,91 0.25
  • AZUL4 R$ 20,78 -5.37
  • B3SA3 R$ 12,02 -0.66
  • BBAS3 R$ 37,75 -0.57
Abra sua conta no BTG

Dois anos depois de furacão, Cuba reparou 56% dos danos

Em 25 de outubro de 2012, Sandy deixou 11 mortos e 171.380 casas destruídas, das quais foram abaixo 15.889, segundo o balanço oficial
 (EXAME.com)
(EXAME.com)
Por Da RedaçãoPublicado em 25/10/2014 15:09 | Última atualização em 25/10/2014 15:09Tempo de Leitura: 1 min de leitura

Dois anos depois da passagem do furacão Sandy por Cuba, autoridades da ilha repararam 56% dos danos, e falta construir milhares de residências, informou neste sábado o jornal oficial "Granma".

Na madrugada de 25 de outubro de 2012, Sandy cruzou do sul ao norte a província de Santiago de Cuba, a 900km de Havana, deixando 11 mortos e 171.380 casas destruídas, das quais foram abaixo 15.889, segundo o balanço oficial. O governo cubano estimou os danos em infraestrutura, habitação e agricultura em 4,7 bilhões de dólares.

"Dois anos depois, a recuperação de Santiago de Cuba entra em sua etapa mais complexa", afirma o Granma, assinalando que "a maior tensão se concentra na construção de moradias".

Autoridades construíram, desde então, 1.748 residências para os desabrigados, 11% das que foram totalmente destruídas pelo Sandy, e esperam erguer 29 mil no total até 2025, diz o jornal. Também consertaram 50% das casas parcialmente destruídas (22.177 no total).

Voltaram a funcionar as 1.044 escolas afetadas, 404 de 405 consultórios, e 1.238 pontos comerciais da cidade de Santiago de Cuba e em outros três municípios que foram os mais castigados pelo furacão.

Veja Também

América Latina vive momento positivo, diz André Esteves
Mercados
Há 3 semanas • 3 min de leitura

América Latina vive momento positivo, diz André Esteves

Governo cubano vai regular atuação de empresas do mercado de criptoativos
Future of Money
Há 3 semanas • 2 min de leitura

Governo cubano vai regular atuação de empresas do mercado de criptoativos