Acompanhe:

Diferentes versões sobre morte de Bin Laden geram polêmica

Contudo, apesar das dúvidas sobre como de fato o líder da Al-Qaeda foi morto em seu refúgio no Paquistão, a credibilidade do presidente americano Barack Obama se fortalece

Modo escuro

Continua após a publicidade
Obama: "Boa noite. Esta noite, posso informar ao povo americano e ao mundo que os Estados Unidos conduziram uma operação que matou Osama bin Laden, o líder da Al-Qaeda" (Getty Images)

Obama: "Boa noite. Esta noite, posso informar ao povo americano e ao mundo que os Estados Unidos conduziram uma operação que matou Osama bin Laden, o líder da Al-Qaeda" (Getty Images)

D
Da Redação

Publicado em 4 de maio de 2011 às, 20h46.

Washington - Um forte desencontro de informações entre as versões da Casa Branca sobre o ataque que culminou na morte de Bin-Laden - divulgadas na segunda e na terça-feira- tem gerado polêmica em diferentes partes do globo e criado a necessidade de uma versão definitiva.

Contudo, apesar das dúvidas sobre como de fato o líder da Al-Qaeda foi morto em seu refúgio no Paquistão, a credibilidade do presidente americano Barack Obama tem se fortalecido significativamente desde o anúncio do ataque.

Na segunda-feira, a Casa Branca disse que Bin Laden foi alertado para que se rendesse e como não o fez no tempo estipulado pelo grupo de ataque da SEAL (forças especiais da marinha americana) e levou um tiro em seu confortável quarto na cidade de Abbottabad, que fica próxima à capital Islamabad.

Um dia depois, o porta-voz da Casa Branca, Jay Carney, havia dado outra versão, dizendo que o terrorista estava desarmado quando foi assassinado pela SEAL, levantando dúvidas sobre as afirmações americanas de que eles estavam prontos para levar Bin Laden vivo.

Na segunda-feira, John Brennan, diretor do serviço de antiterrorismo de Obama, disse que a esposa de Bin Laden havia morrido após ter sido usada por ele como um escudo humano durante o ataque, em mais um ato covarde de Bin Laden.

Alguns oficiais logo desmentiram essa versão também e Carney apresentou uma nova história na terça-feira, dizendo que a esposa de Bin Laden teria atacado um dos oficiais da SEAL que tentava render seu marido e por isso recebera um tiro na perna, mas não teria morrido.

"No primeiro andar do reduto de Bin Laden, dois seguranças que vigiavam as duas entradas do refúgio foram mortos, assim como uma mulher que atravessou o fogo cruzado", disse Carney.

Segundo ele, Bin Laden e sua família foram encontrados no segundo e terceiro andares. "Havia a preocupação de que Bin Laden fosse se opor à operação de captura e de fato ele resistiu", completou.

Existem ainda diferentes versões sobre como um dos filhos adultos de Bin Laden, Hamza of Khalid, foi morto e há ainda mais especulações sobre o que teria sido feito do corpo. A versão de Carney divulgada na terça-feira, no entanto, nem mesmo menciona a morte do filho de Bin Laden.

O porta-voz da Casa Branca, que chegou a admitir num determinado momento que até mesmo ele estava ficando confuso, pôs a culpa sobre as divergências de informação no fato de tratar-se de uma ação de guerra e por isso haver muito tumulto envolvido.

Outro oficial concordou em falar sobre a mudança da história, desde que não tivesse o nome divulgado, dizendo que a administração não se arrepende de ter emitido informes rápidos e detalhados, que depois precisaram ser corrigidos.

O oficial disse ainda que esse profundo desencontro de informações não passaria de terça-feira e reforçou a necessidade de corrigir alguns detalhes da missão. "Havia uma forte demanda por informação... nós demos um passo à frente ", disse. "Você quer informação rápida, essas coisas sempre sofrem revisão. Tudo foi movido por uma boa intenção, mas de uma forma antecipada", completou.

Últimas Notícias

Ver mais
Incêndio devora edifício residencial em Valência, na Espanha, e deixa 13 feridos
Mundo

Incêndio devora edifício residencial em Valência, na Espanha, e deixa 13 feridos

Há 12 horas

França diz que forças russas ameaçaram abater aviões franceses em zona internacional
Mundo

França diz que forças russas ameaçaram abater aviões franceses em zona internacional

Há 13 horas

Mãe de Navalni diz que Rússia a pressiona por funeral secreto de seu filho
Mundo

Mãe de Navalni diz que Rússia a pressiona por funeral secreto de seu filho

Há 14 horas

Rússia anuncia novas conquistas territoriais na Ucrânia após dois anos de ofensiva
Mundo

Rússia anuncia novas conquistas territoriais na Ucrânia após dois anos de ofensiva

Há 17 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais