Acompanhe:

CIA quer mostrar fotos de corpo de Bin Laden a legisladores

EUA está de posse das fotos que comprovam morte de Bin Laden e deve mostrá-las a autoridades

Modo escuro

Continua após a publicidade
Alguns representantes já viram imagens que comprovam a morte do terrorista e a CIA deve aumentar os escolhidos  (Getty Images)

Alguns representantes já viram imagens que comprovam a morte do terrorista e a CIA deve aumentar os escolhidos (Getty Images)

A
AFP/File

Publicado em 11 de maio de 2011 às, 22h14.

Washington - A Agência Central de Inteligência (CIA) dos Estados Unidos planeja mostrar a alguns legisladores americanos as fotos do corpo de Osama Bin Laden, morto em uma operação militar americana no dia 2 de maio, no Paquistão, revelaram fontes do Legislativo.

Dutch Ruppersberger, de Maryland, legislador democrata que integra o Comitê de Inteligência da Câmara de Representantes, irá na quarta ou na quinta-feira à sede da CIA, em Langley, Virgínia, para ver as fotos, informou seu porta-voz Heather Molino.

O presidente do Comitê de Inteligência, Mike Rogers, representante de Michigan, viu as fotografias de Bin Laden no mesmo dia da morte do líder da Al-Qaeda.

Já o senador republicano e ex-candidato presidencial John McCain disse a um jornalista que não tem a intenção de ver as fotos: "já vi pessoas mortas demais na minha vida".

Osama Bin Laden foi morto por tropas especiais da Marinha dos Estados Unidos - os Seals - em uma casa na cidade paquistanesa de Abbottabad.

Últimas Notícias

Ver mais
França: Macron refuta comentário russo sugerindo papel de Kiev e Paris em ataque a Moscou
Mundo

França: Macron refuta comentário russo sugerindo papel de Kiev e Paris em ataque a Moscou

Há uma semana

EUA emitiu alerta específico sobre ataque terrorista na Rússia, diz jornal
Mundo

EUA emitiu alerta específico sobre ataque terrorista na Rússia, diz jornal

Há uma semana

Rússia diz ter provas de vínculos de autores de atentado com Ucrânia; Kiev nega participação
Mundo

Rússia diz ter provas de vínculos de autores de atentado com Ucrânia; Kiev nega participação

Há 2 semanas

Putin diz que atentado em Moscou foi obra de 'islamistas radicais' que tentaram fugir para a Ucrânia
Mundo

Putin diz que atentado em Moscou foi obra de 'islamistas radicais' que tentaram fugir para a Ucrânia

Há 2 semanas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais