Acompanhe:

Bachelet diz que deputadas que se opõem a Trump são "fantásticas"

Indagada se Trump é racista, a chefe de direitos humanos da ONU se esquivou, dizendo que as pessoas em uma democracia devem garantir respeito à diversidade

Modo escuro

Continua após a publicidade
Michelle Bachelet: Ex-presidente do Chile e atual chefe de direitos humanos na ONU elogia deputadas atacadas por Donald Trump (Guido Manuilo/LatinContent/Getty Images)

Michelle Bachelet: Ex-presidente do Chile e atual chefe de direitos humanos na ONU elogia deputadas atacadas por Donald Trump (Guido Manuilo/LatinContent/Getty Images)

T
Tom Miles, da Reuters

Publicado em 18 de julho de 2019 às, 18h24.

Genebra — As quatro deputadas democratas progressistas atacadas pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, são "fantásticas", disse a chefe de direitos humanos da Organização das Nações Unidas (ONU), Michelle Bachelet, nesta quinta-feira.

Trump tuitou no final de semana que as parlamentares, conhecidas como "o esquadrão" --Ilhan Omar, Alexandria Ocasio-Cortez, Rashida Tlaib e Ayanna Pressley-- devem "voltar" para onde vieram, embora todas sejam cidadãs norte-americanas e três delas tenham nascido nos EUA.

"Acredito que essas quatro mulheres são fantásticas", disse Bachelet. "Vejo quatro mulheres brilhantes que ousam dizer o que pensam."

Bachelet falava no Instituto de Graduação de Genebra ao lado do ex-juiz constitucional sul-africano Albie Sachs, que dava a palestra inaugural Nelson Mandela de direitos humanos, no dia que marcaria o 101º aniversário de Mandela.

Indagada se Trump é racista, questão recebida com aplausos da plateia, Bachelet se esquivou, mas Sachs tomou o microfone e disse: "a resposta é sim."

Bachelet disse que não usaria qualquer adjetivo em particular, mas disse que as pessoas em uma democracia devem garantir respeito à diversidade, às pessoas que pensam diferente e às pessoas de etnias diferentes.

"Não é bom para líderes, líderes globais, (usarem) discurso de ódio, dizendo coisas que são maus exemplos ou maus modelos, porque isso permite e dá licença a muitos outros para serem xenofóbicos, anti-islâmicos, antissemitas, antitudo", disse ela.

"Esse é um dos perigos no mundo hoje."

Últimas Notícias

Ver mais
Incêndio no Texas é tão grande que pode ser visto do espaço
Mundo

Incêndio no Texas é tão grande que pode ser visto do espaço

Há 6 horas

Câmara dos Representantes dos EUA aprova lei de gasto temporário para evitar shutdown
Mundo

Câmara dos Representantes dos EUA aprova lei de gasto temporário para evitar shutdown

Há 20 horas

PCE: índice de inflação nos EUA mantém queda e vai a 2,4% em janeiro
Economia

PCE: índice de inflação nos EUA mantém queda e vai a 2,4% em janeiro

Há um dia

O que se sabe sobre o projeto Maven, o programa militar de IA dos EUA
Inteligência Artificial

O que se sabe sobre o projeto Maven, o programa militar de IA dos EUA

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais