Mundo

Avião que caiu no Egito não foi alvo de atentado, diz Rússia

Ministério de Transporte da Rússia classificou como falsa a informação de que o avião om 224 pessoas a bordo que caiu no Egito tenha sido alvo de terrorismo


	Rússia: "neste momento não há nenhuma informação que confirme essas fantasias", diz ministro do país
 (Richard Heathcote/Getty Images)

Rússia: "neste momento não há nenhuma informação que confirme essas fantasias", diz ministro do país (Richard Heathcote/Getty Images)

DR

Da Redação

Publicado em 31 de outubro de 2015 às 12h53.

Moscou - O Ministério de Transporte da Rússia classificou como inverídicas as informações que apontaram que o avião russo com 224 pessoas a bordo que caiu na Península do Sinai, no Egito, tivesse sido alvo de um atentado terrorista.

"Em alguns veículos de imprensa apareceram informações de que o avião de passageiros russo que voava de Sharm el-Sheikh a São Petersburgo foi atingido por um míssil lançado por terroristas. Esta informação não pode ser considerada verídica", informou o ministro do Transporte, Maxim Sokolov.

De acordo com o político, as autoridades de Rússia e Egito estão em contato próximo, e "neste momento não há nenhuma informação que confirme essas fantasias". 

Acompanhe tudo sobre:acidentes-de-aviaoÁfricaÁsiaEgitoEuropaRússiaTerrorismo

Mais de Mundo

Trump pede apoio de evangélicos nas eleições de novembro

Bombardeio aéreo russo atinge prédio residencial e deixa três mortos e 37 feridos, afirma Ucrânia

Egito quer penalizar empresas turísticas pelas mortes de peregrinos em Meca

Governo colombiano inicia diálogo com dissidência das Farc

Mais na Exame