Mercado imobiliário

Saiba qual a diferença entre apartamento studio, kitnet, flat e loft

Imóveis são ideais para quem quer morar sozinho ou acompanhado de apenas uma pessoa; descubra o modelo que mais faz sentido você

Studio de 10 metros quadrados do VN Higienópolis (Vitacon/Reprodução)

Studio de 10 metros quadrados do VN Higienópolis (Vitacon/Reprodução)

Patrícia Basilio
Patrícia Basilio

Redatora freelancer

Publicado em 2 de maio de 2024 às 07h45.

Última atualização em 2 de maio de 2024 às 18h00.

Tudo sobreGuia do Mercado Imobiliário
Saiba mais

Quem está buscando um espaço para morar sozinho ou acompanhado de uma pessoa encontra diferentes opções aconchegantes e práticas, entre flats, kitnets, studios ou lofts.

Apesar da semelhança na metragem, esses imóveis têm diferenças importantes que devem ser consideradas antes da compra ou do aluguel.

Confira a descrição de cada modelo e escolha seu imóvel ideal!

O que é um flat?

Também conhecido como apart-hotel, o flat é uma boa opção para quem não tem tempo para cuidar dos afazeres domésticos, uma vez que esse tipo de apartamento conta com serviços de limpeza e manutenção.

Apesar da semelhança com um hotel, o imóvel possui sala e cozinha, e em alguns modelos, até divisórias entre os cômodos.

O que é um loft?

O loft se assemelha a antigos galpões e fábricas desocupadas, com paredes de tijolos e pisos de concreto. Esse conceito se popularizou na década de 1970 em Nova York e foi retratado em filmes e séries norte-americanas.

As principais características de um loft são ter um pé direito alto e não ter divisórias entre os cômodos, com exceção do banheiro. Desta forma, esse tipo de imóvel é ideal para quem gosta de ambientes amplos e integrados.

O que é uma kitnet?

A kitnet, bastante conhecida entre os brasileiros, é um tipo de imóvel compacto que geralmente inclui sala, cozinha, banheiro e área de serviço em uma metragem de 20 a 40 m². A maioria dos modelos tem divisórias entre os cômodos, mas alguns são integrados, com apenas um balcão como divisória entre a sala e o espaço para a cama. Como a kitnet costuma ser mais simples, é muito procurada por estudantes ou por pessoas que querem economizar com aluguel em regiões com fácil acesso a transporte público e próximas ao centro.

Acompanhe tudo sobre:ImóveisGuia do Mercado Imobiliárioaluguel-de-imoveis

Mais de Mercado imobiliário

Brasil tinha 3,5 milhões de imóveis em construção e reforma em 2022

As cidades mais caras que viraram 'impossíveis de morar'; veja lista

EUA têm escassez de 2,2 milhões de casas e agrava crise habitacional, diz pesquisa

Sonho da casa própria cresce entre investidores brasileiros, diz Anbima

Mais na Exame