Aluguel no Rio de Janeiro segue acima da inflação; veja preços por bairro

Preço médio do aluguel mensal fechou julho em R$ 2.104 para apartamentos de dois dormitórios no Rio de Janeiro; Zona Oeste é a região mais barata da cidade
Rio de Janeiro: Leblon e Ipanema são os bairros mais caros da cidade para comprar ou alugar um imóvel (Christian Adams/Getty Images)
Rio de Janeiro: Leblon e Ipanema são os bairros mais caros da cidade para comprar ou alugar um imóvel (Christian Adams/Getty Images)
T
Thais CancianPublicado em 27/08/2022 às 08:11.

No Rio de Janeiro, o preço do aluguel segue acima da inflação. É o que mostra o relatório de julho do Imovelweb, divulgado esta semana. Em 2022, o valor subiu 12,2% acima da inflação, derivando em uma alta real de 6,4%, e desde janeiro, registra aumentos mensais acima de 1,2%.

Segundo o estudo, em julho, o preço médio do aluguel mensal na capital carioca fechou o mês em R$ 2.104 para apartamentos de dois dormitórios, subindo 1,7% no período. Analisando os últimos 12 meses, os valores dos aluguéis também aumentaram levemente acima da inflação.

Entre as regiões da cidade, a zona sul foi apontada como a mais cara, com um aluguel médio mensal de R$ 3.084. Já a zona Oeste é a mais barata para morar de aluguel, com um preço médio de R$ 1.057 por mês.

Região

Valor do aluguel (R$)

Variação Mensal (%)

Variação Anual (%)

Zona Oeste

1.057

0,4

1,8

Grande Méier

1.154

-0,5

2,3

Zona Norte

1.169

-1,3

4,5

Ilha do Governador e Zona da Leopoldina

1.304

2,2

5,3

Grande Tijuca

1.519

-0,3

4,1

Barra da Tijuca e Baixada de Jacarepaguá

1.782

0,4

9,3

Centro

1.833

1,0

9,2

Zona Sul

3.084

2,9

16,9

Na análise por bairro, Leblon e Ipanema são os mais caros da cidade, com aluguel médio mensal acima de R$ 4.000.

Mais baratos (R$)

Variação Mensal (%)

Variação Anual (%)

Guaratiba

967

-1,5

0,0

Realengo

975

-9,6

0,1

Tomás Coelho

1.000

3,0

-11,2

Mais caros (R$)

Variação Mensal (%)

Variação Anual (%)

Urca

3.515

5,9

S/D

Ipanema

4.262

2,1

12,9

Leblon

4.738

1,9

S/D

Os dados do relatório mensal de preços do Imovelweb, também chamado de Index, são gerados com base em todos os imóveis listados no portal (mais de 4 milhões), tanto para aluguel quanto para venda, atestando o preço médio das propriedades.

Assine a EXAME e fique por dentro das principais notícias que afetam o seu bolso. Tudo por menos de R$ 0,37/dia

Imóveis à venda: preços abaixo da inflação

Em julho, o preço médio para comprar um imóvel na cidade ficou em R$ 8.929 por m², subindo 0,4% no mês e acumulando 12 meses de aumentos consecutivos. Em 2022, acumulou-se uma alta de 1,9% abaixo da inflação, derivando em uma queda real de 3,9 p.p. Em termos reais, nos últimos 12 meses, o preço caiu 8,4%.

Leblon é o bairro mais caro na hora de adquirir um imóvel, com um preço médio de R$ 21.561 por m². Por sua vez, Turiaçu, na Zona Norte, é o mais barato, custando R$ 2.361 por m².

Mais baratos (R$/m²)

Variação Mensal (%)

Variação Anual (%)

Turiaçu

2.361

-1,6

-7,4

Coelho Neto

2.410

1,4

-4,0

Honório Gurgel

2.966

-4,1

10,7

Mais caros (R$/m²)

Variação Mensal (%)

Variação Anual (%)

Lagoa

16.569

0,0

1,5

Ipanema

19.874

0,6

1,6

Leblon

21.561

0,2

-1,8

Rentabilidade: quanto tempo é necessário para reembolsar a compra de um imóvel?

O índice de rentabilidade imobiliária relaciona o preço de venda e o valor de locação de um imóvel para verificar o tempo necessário para recuperar o dinheiro utilizado na aquisição do imóvel. Em julho, o relatório do Imovelweb registrou um índice de 4,33% bruto anual no Rio de Janeiro, o que significa que são necessários 23 anos de aluguel para reembolsar o investimento de compra na cidade, 6,5% a menos que um ano atrás.

Grande Méier e Zona Norte são as regiões que oferecem mais retorno para os investidores. Já Vargem Grande e Vaz Lobo são os melhores bairros para quem busca renda.

Região

Rentabilidade (%)

Zona Sul

3,7

Ilha do Governador e Zona da Leopoldina

4,0

Barra da Tijuca e Baixada de Jacarepaguá

4,4

Zona Oeste

4,5

Grande Tijuca

4,6

Centro

4,9

Zona Norte

5,1

Grande Méier

5,4

Esteja sempre informado sobre as notícias que movem o mercado. Assine a EXAME por menos de R$ 11/mês