Mercados

Santos Brasil está barata e aponta momento de compra, destaca Ativa

Para analista, múltiplos da companhia negociam com desconto em relação aos seus pares internacionais e nacionais

Indicadores na BM&FBovespa (Germano Lüders/EXAME)

Indicadores na BM&FBovespa (Germano Lüders/EXAME)

DR

Da Redação

Publicado em 24 de janeiro de 2012 às 17h51.

São Paulo - Demonstrando bastante otimismo com as perspectivas à Santos Brasil (STBP11), a Ativa Corretora revisou suas apostas na companhia que atua no setor de logística. De acordo com Artur Delorme, o novo preço-alvo (dez/11) para as units foi fixado em 31,03 reais, valor que representa um potencial de valorização de 30,1%.

“O cenário para Santos Brasil é extremamente favorável para os próximos anos, em função da expectativa de manutenção do crescimento das transações comerciais brasileiras atreladas à elevação da massa salarial, aquecimento da atividade econômica e, por conseguinte, ampliação da aquisição de produtos importados no mercado nacional. Em paralelo, a recuperação das economias centrais beneficia o aumento das exportações”, avalia Delorme.

O analista recomenda a compra das units e afirma que os múltiplos da companhia negociam com desconto em termos de EV/EBITDA (dívida líquida/geração operacional de caixa) para o final de 2011, em relação aos seus pares internacionais e nacionais. “A Santos Brasil negocia a 8,4 vezes contra 17,3 vezes (-52%) da média internacional e de 10,4 vezes (-19%) da média nacional”, explica o analista.

A expectativa é de que a empresa termine o ano com expansão de 34% no volume movimentado. O relatório cita ainda que a projeção em torno do crescimento médio anual da Santos Brasil seja de 7,1%, entre 2010 e 2019. 

Acompanhe tudo sobre:AçõesAnálises fundamentalistasbolsas-de-valoresMercado financeiroSantos BrasilSetor de transporte

Mais de Mercados

Nvidia tem forte queda e perde US$ 500 bi após ter se tornado empresa mais valiosa do mundo

Shein protocola pedido confidencial de IPO em Londres, segundo CNBC

Ibovespa fecha em alta pelo 5º pregão seguido e recupera os 122 mil pontos de olho em dados e Magalu

Smart Fit (SMFT3) confirma intenção de compra da academia Velocity

Mais na Exame