Mercados

Grendene tem a maior alta entre as small caps

Ações da fabricante de calçados acumulam alta de 28,56% no ano


	Grendene: desempenho nos últimos 12 meses superou outros 24 produtores mundiais de calçados
 (Divulgação)

Grendene: desempenho nos últimos 12 meses superou outros 24 produtores mundiais de calçados (Divulgação)

DR

Da Redação

Publicado em 13 de junho de 2013 às 07h48.

São Paulo - Em destaque no setor de consumo, as ações da Grendene (GRDN3) passam a ser analisadas também pela Coinvalores. A analista Sandra Peres projeta um preço-alvo de 23 reais – potencial de valorização de 9,2% em relação ao preço atual -, com recomendação de manter. 

Sandra afirma que a empresa vive um bom momento e com boas perspectivas. Ela estima que a Grendene deva apresentar crescimento médio composto no faturamento, entre 2013 e 2017, de 10% ao ano.

A analista destaca ainda que a empresa manterá elevado ROE (rentabilidade sobre patrimônio) e dividend yield (percentual de pagamento de dividendos em relação ao preço da ação) “atrativo”. “Contudo, tendo em vista que boa parte desse contexto positivo já esteja precificado nos papéis da Grendene, recomendamos a manutenção de suas ações para carteiras diversificadas”, explica Sandra. 

Ações

Segundo a Bloomberg, as ações da Grendene acumulam a maior alta do setor em todo o mundo. Nos últimos 12 meses, o valor dos papéis mais que dobrou para 21,20 reais, enquanto outros 24 produtores mundiais de calçados tiveram retorno médio de 23% - entre eles a brasileira Arezzo, a americana Skechers e a alemã Puma. 

No ano, a valorização já é de 28,56% e supera a alta de todos os membros do índice small cap da BM&FBovespa, que acumula queda de 4,63%, e do Ibovespa, que perdeu 8,67% no período.

Acompanhe tudo sobre:B3bolsas-de-valoresCalçadosCoinvaloresEmpresasGrendeneRoupas

Mais de Mercados

Bancos centrais compram um quinto do ouro do mundo e esperam aumentar aposta

Dólar bate R$ 5,47 e Ibovespa opera volátil de olho em votação do Copom

Copom, posse da presidente da Petrobras e incorporação da Soma pela Arezzo: o que move o mercado

PicPay estuda fazer IPO nos EUA, diz Bloomberg

Mais na Exame