Acompanhe:

As ações que mais perderam e ganharam na semana

Marcada por intensa volatilidade, semana mexeu com o preço dos papéis na bolsa brasileira

Modo escuro

Continua após a publicidade
Usiminas: valorização das ações preferenciais e ordinárias supera 20% na semana (Domingos Peixoto/EXAME)

Usiminas: valorização das ações preferenciais e ordinárias supera 20% na semana (Domingos Peixoto/EXAME)

M
Marcela Ayres

Publicado em 15 de agosto de 2011 às, 09h21.

São Palavra - Depois do rebaixamento dos títulos da dívida norte-americana pela Standard & Poor's, a volatilidade reinou nas bolsas mundo afora. Por aqui, o desempenho do Ibovespa deu mostras deste vai e vem: depois de amargar a pior queda do ano na segunda-feira (-8,08%), o índice entregou sua valorização máxima logo no dia seguinte, subindo 5,1%.

Entre perdas e recuperações, o Ibovespa escapou do vermelho e fechou a semana com alta de 1%. Mas muitas ações da bolsa brasileira não tiveram a mesma sorte. Os papéis da Marfrig lideraram o ranking das baixas, com um tombo de 27,83%. Na semana anterior, as ações já haviam sofrido semelhante desvalorização: 21,05%.

No mercado, a hipótese mais recorrente para o derretimento dos papéis acusa a movimentação de um fundo da GWI Investimentos, que teria se desfeito de aplicações alavancadas na empresa exportadora de carne. Na prática, a gestora tomava recursos emprestados de corretoras com o depósito de margem de 17% do valor investido para adquirir as ações da Marfrig.

Com a queda no preço das ações, a GWI precisa disponibilizar mais recursos, vendendo papéis na bolsa para honrar as margens prestabelecidas. Como tinha uma posição considerável na Marfrig, a gestora acabava fomentando a queda do papel ao dar cabo ao processo de desalavancagem. Na sexta-feira, a BNY Mellon Serviços Financeiros anunciou o fechamento de fundos da GWI em função das sucessivas perdas registradas pelas carteiras.

Veja as outras ações que mais caíram na semana:
 

Empresa Código Var. semana
Marfrig MRFG3
27,83%
Eletropaulo ELPL4 14,01%
ALL ALLL3 11%
LLX LLXL3 8,26%
Fibria FIBR3 7,01%

Por outro lado, as ações preferenciais da Usiminas subiram 25,07% no mesmo período. Os papéis ordinários não ficaram atrás, com alta de 20,31%. Confira os papéis que também registraram ganhos expressivos:

Empresa Código Var. semana
Usiminas USIM5
25,07%
Usiminas USIM3 20,31%
MRV MRVE3 12,56%
TAM TAMM4 10,12%
BM&FBovespa BVMF3 9,56%

Últimas Notícias

Ver mais
Vale (VALE3) assina acordo de parceria com Anglo American
seloMercados

Vale (VALE3) assina acordo de parceria com Anglo American

Há 3 horas

Rolls-Royce sobe 7% após lucros mais que dobrarem em 2023
seloMercados

Rolls-Royce sobe 7% após lucros mais que dobrarem em 2023

Há 4 horas

Ações da Nvidia sobem 12% no pré-mercado após lucro surpreender
seloMercados

Ações da Nvidia sobem 12% no pré-mercado após lucro surpreender

Há 4 horas

Índice Nikkei do Japão quebra recorde de 1989 e atinge máxima histórica
seloMercados

Índice Nikkei do Japão quebra recorde de 1989 e atinge máxima histórica

Há 4 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais