Inteligência Artificial

Startup que criou aparelho para desbancar celular quer ser vendida por até US$ 1 bilhão

Em algumas avaliações, o AI Pin foi criticado por ter sido lento na hora de responder algumas perguntas

O aparelho custa US$ 700 e precisa de uma taxa mensal de US$ 24 (Humane/Divulgação)

O aparelho custa US$ 700 e precisa de uma taxa mensal de US$ 24 (Humane/Divulgação)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 22 de maio de 2024 às 11h26.

Última atualização em 22 de maio de 2024 às 11h26.

Tudo sobreInteligência artificial
Saiba mais

A startup de tecnologia Humane está buscando um comprador pouco mais de um mês depois de ter lançado o AI Pin, um dispositivo bem pequeno (lembra um broche) que tem a pretensão de oferecer toda a experiência da computação. Ou seja, acabar com o smartphones como conhecemos. O grande chamariz dele no momento é dar acesso imediato a um assistente de inteligência artificial, no caso o ChatGPT, da OpenAI.

De acordo com a Bloomberg, a empresa está trabalhando com um consultor financeiro no projeto e espera conseguir na venda algo entre US$ 750 milhões e US$ 1 bilhão.

A empresa despertou muito interesse e conseguiu levantar US$ 230 milhões de investidores. No entanto, a quantia de US$ 1 bilhão pode ser considerada alta demais na medida em que o pin de IA foi criticado pela maioria dos especialistas.

Por que o Rabbit R1 se tornou o produto mais mentiroso de 2024?

Em algumas avaliações, ele foi criticado por ter sido lento na hora de responder algumas perguntas. Em outros momentos, suas respostas não eram melhores do que as do Google. O touchpad também esquenta  à medida que você intensifica o uso, a bateria dura pouco e a tela do projetor era difícil de controlar.

O aparelho também não é barato. Custa US$ 700 e precisa de uma taxa mensal de US$ 24 para acessar a tecnologia de inteligência artificial da empresa e o serviço 4G da rede da T-Mobile.

Acompanhe tudo sobre:Inteligência artificial

Mais de Inteligência Artificial

Mira Murati, da OpenAI, responde a Elon Musk sobre integração com Apple

Musk retira processo contra OpenAI um dia após criticar acordo com Apple

O que o acordo OpenAI-Apple significa para Google e Microsoft

Mistral AI levanta US$ 645 milhões e atinge valor de US$ 6,5 bilhões

Mais na Exame