Acompanhe:

A Thomson Reuters anunciou que vai lançar em 2024 uma nova assistente de inteligência artificial generativa para conectar os seus clientes com os produtos da empresa que atualmente utilizam a tecnologia, com foco na área jurídica. A medida faz parte dos planos da empresa para intensificar projetos no segmento.

Além da nova assistente, a gigante do mercado financeiro também anunciou o lançamento do CoCounsel, descrito como o "primeiro assistente legal de IA do mundo" e integrado com outros produtos voltados para a área jurídica. Segundo a empresa, com o CoCounsel "os clientes poderão escolher as habilidades certas para resolver um problema em mãos, enquanto aproveitam os recursos da inteligência artificial generativa".

A ideia é que a ferramenta auxilie em áreas como investigação, preparação para depoimentos, redação de correspondência, pesquisas de bases de dados, revisão de documentos, síntese de documentos, extração de dados contratuais e cumprimento de políticas contratuais.

"A pesquisa assistida por IA permite que os clientes façam perguntas complexas de pesquisa jurídica, em linguagem natural, e recebam rapidamente respostas sintetizadas com links para apoiar a autoridade do conteúdo do Westlaw e links para examinar mais a fundo", explica a Thomson Reuters.

Além disso, a empresa destaca que o assistente de inteligência artificial utiliza um sistema de pesquisa chamado "Geração Aumentada de Recuperação", que busca evitar as chamadas "alucinações", com invenção de informações incorretas.

"Nossa supervisão humana, experiência em tecnologia e conteúdo líder do setor são fundamentais para produzir respostas confiáveis com IA generativa. Essa ferramenta não ofuscará a necessidade de advogados, mas os ajudará a fazer seu trabalho melhor e mais rápido", promete Mike Dahn, líder do WestlawProduct Management na Thomson Reuters.

Novos produtos com IA

Outra novidade anunciada pela Thomson Reuters é uma plataforma de inteligência artificial generativa, criada para permitir que "a Thomson Reuters lance rápida e facilmente novas habilidades de IA generativa, aproveitando componentes reutilizáveis como blocos de construção para produtos futuros".

"A plataforma de IA generativa da Thomson Reuters fornecerá uma plataforma segura, confiável e compatível com a privacidade para o desenvolvimento de IA generativa, permitindo escalabilidade em uma ampla gama de provedores de LLM", promete a companhia.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Hackers estão criando 'chatbots do mal' para automatizar invasões
Inteligência Artificial

Hackers estão criando 'chatbots do mal' para automatizar invasões

Há 14 horas

Amazon enfrenta processo por suposto uso de IA em atores para filme
Inteligência Artificial

Amazon enfrenta processo por suposto uso de IA em atores para filme

Há 14 horas

Concorrente do Sora: IA israelense é capaz de produzir filmes inteiros
Inteligência Artificial

Concorrente do Sora: IA israelense é capaz de produzir filmes inteiros

Há 17 horas

Com fortuna de US$ 360 milhões, Lucy Guo só perde para Kylie Jenner
seloNegócios

Com fortuna de US$ 360 milhões, Lucy Guo só perde para Kylie Jenner

Há 19 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais