Future of Money

FGV cria curso sobre blockchain e quer oferecer ‘excelência profissional’ no setor

Fundação Getúlio Vargas enxerga “grande oportunidade” em oferecer curso online sobre blockchain

Curso será ministrado por Lucas Schoch, CEO da Bitfy (Reprodução/Reprodução)

Curso será ministrado por Lucas Schoch, CEO da Bitfy (Reprodução/Reprodução)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 2 de março de 2023 às 10h00.

A Fundação Getúlio Vargas anunciou a criação de um novo curso sobre a tecnologia blockchain. Com o chamado “Imersão Blockchain”, a faculdade pretende oferecer “excelência profissional” neste mercado, que acredita estar em “franca ascensão”.

“O blockchain a cada dia vem obtendo maior aderência do mercado brasileiro e a FGV, esta renomada instituição, está presente na construção teórica e prática deste mercado. Onde este se estabelece com ainda mais transparência e credibilidade, uma vez que esta tecnologia permite que todos os segmentos possam otimizar os seus processos, migrando seus serviços para o âmbito digital, com diversas possibilidades de aplicação, no meio financeiro, como no agronegócio e outros”, afirmou Alexandre Mota, Coordenador Acadêmico e Professor FGV.

O curso será disponibilizado de forma online na plataforma da FGV e ministrado por Lucas Schoch, CEO da Bitfy, com carga horária de 30 horas. O objetivo, segundo um comunicado de imprensa, é apresentar as principais aplicações da tecnologia, indo além das criptomoedas, desenvolvendo uma leitura de contexto que possa contribuir com o desenvolvimento da carreira do aluno.

“Estou muito animado para poder compartilhar tudo o que aprendi durante todos esses anos de atuação com o blockchain. Ter conhecimento teórico é muito bom, mas os ensinamentos que a prática traz, é muito mais significativo. Quero compartilhar tudo o que sei com os alunos, para que novos profissionais capacitados possam atuar no mercado”, disse Lucas Schoch. Lucas é desenvolvedor de software e CEO e fundador da Bitfy, um hub tecnológico que oferece soluções de Blockchain as a Service.

Apesar do curso ser adequado tanto para profissionais em início de carreira quanto para gestores experientes, Schoch destacou que é recomendado que o aluno tenha conhecimentos básicos de finanças e tecnologia da informação antes de ingressar no “Imersão Blockchain”.

O objetivo do curso, segundo o comunicado, é promover a compreensão do conceito de Finanças Descentralizadas e como ele se relaciona com o blockchain, através de uma abordagem teórica e prática.

Até quando você vai deixar de investir em crypto? Abra sua conta na Mynt e explore novas formas de investir sem medo. Clique aqui para desbloquear seu mundo crypto.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok

Acompanhe tudo sobre:BlockchainCriptoativosCriptomoedasFGV - Fundação Getúlio Vargas

Mais de Future of Money

SEC aprova ETFs de ether nos EUA e surpreende com mudança de visão sobre Ethereum

ETFs de bitcoin batem recorde e acumulam 850 mil unidades da criptomoeda

Pepe dispara 40% e um dos primeiros investidores da criptomoeda meme lucra US$ 3 milhões

ETFs de ether vão atrair US$ 500 milhões na 1ª semana de negociação, diz OKX

Mais na Exame