Elon Musk muda foto de perfil no Twitter e faz criptomoeda disparar 20%

Enquanto o bitcoin recupera a faixa dos US$ 39 mil, uma criptomoeda dispara após uma simples mudança na foto de perfil do homem mais rico do mundo
O CEO da Tesla e novo dono do Twitter é famoso por impactar o preço de uma série de criptomoedas (Felipe Alves/Unsplash)
O CEO da Tesla e novo dono do Twitter é famoso por impactar o preço de uma série de criptomoedas (Felipe Alves/Unsplash)
Por Mariana Maria SilvaPublicado em 04/05/2022 10:08 | Última atualização em 04/05/2022 10:48Tempo de Leitura: 4 min de leitura

Nesta quarta-feira, 4, Elon Musk movimentou mais uma vez o mercado de criptomoedas. Desta vez, as moedas impactadas não foram as clássicas criptomoedas-meme de cachorro, mas a ApeCoin, a moeda de macaco que é a nova queridinha do mercado.

O novo dono do Twitter mudou sua foto de perfil na rede social para uma colagem que incluía uma série de imagens dos famosos NFTs da Bored Ape Yacht Club, a coleção mais valiosa do mundo atualmente. É comum que os donos de NFTs os utilizem na foto de perfil das redes sociais, como uma forma de demonstrar que faz parte daquela comunidade.

Não demorou para que a comunidade cripto no Twitter concluísse que o homem mais rico do mundo havia se tornado mais um adepto da Bored Ape Yacht Club, que já conta com grandes nomes como Neymar, Justin Bieber e Madonna entre seus entusiastas. Isso fez com que a ApeCoin, moeda oficial do ecossistema BAYC, disparasse 20% e ganhasse mais de US$ 1 milhão em valor de mercado. O bilionário chegou a fazer piadas sobre o assunto ainda na manhã nesta quarta-feira, 4.

“Não sei... me parece meio fungível”, publicou, em referência ao significado da sigla NFT: token não fungível.

Eventualmente, descobriu-se que a imagem não conta com NFTs em posse de Elon, e a criptomoeda recuou de US$ 17,49 para os atuais US$ 15,76, de acordo com dados do CoinMarketCap. No entanto, mesmo que o CEO da Tesla não possua um NFT da coleção, desde o ocorrido, 10 unidades foram vendidas. O valor mínimo para ter um Bored Ape também subiu impressionantes 10 ETH, o equivalente a US$ 28.600.

Gráfico do CoinMarketCap demonstra alta significativa da ApeCoin nesta quarta-feira, 4 (CoinMarketCap/Reprodução)

Enquanto isso, o topo do ranking das maiores criptomoedas em valor de mercado continua estável. Com dominância de 42% do mercado, o bitcoin recupera os US$ 39 mil, com alta de 1,41% nas últimas 24 horas. De acordo com Tone Vays, o maior trader de bitcoin do mundo e ex-executivo do JPMorgan, o momento favorece o investimento de longo prazo.

O ether, criptomoeda nativa da rede Ethereum e a segunda com maior valor de mercado, é cotada a US$ 2.852 e apresenta alta de 0,38% nas últimas 24 horas. Seu movimento segue em consonância com a sua predecessora, e ambas apresentam gráficos semanais extremamente parecidos. Apesar disso, especialistas prevêem que a criptomoeda criada por Vitalik Buterin atinja os US$ 5.783 até o final do ano, de acordo com a Forbes.

(Mynt/Divulgação)

Após um longo período de quedas, a ADA, criptomoeda da rede Cardano, demonstra sinais de recuperação conforme novas atualizações na rede se aproximam. Cotada a US$ 0,82, a moeda inspirada na cientista Ada Lovelace apresenta alta de 3,34% nas últimas 24 horas. Seu volume de negociação também subiu 27,29% no mesmo período, de acordo com o CoinMarketCap. No entanto, ainda há muito o que recuperar, já que a criptomoeda chegou a ultrapassar os US$ 3 no último ano.

Entre as criptomoedas de pior performance no último dia, a presença da Algorand surpreende. A criptomoeda esteve entre os destaques de valorização na última terça-feira, 3, após o anúncio de que a Algorand seria o blockchain oficial da Copa do Mundo FIFA em uma parceria histórica. No momento, a ALGO perde 3,14%, de acordo com dados do CoinMarketCap.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok