Bitcoin em queda: alavancagem e alta de SHIB indicam especulação excessiva

Criptomoeda volta a ser negociada abaixo de US$60 mil e especialistas apontam excesso de ganância do mercado como causa; mais de US$920 milhões já foram liquidados no mercado de derivativos

Exatamente uma semana após registrar o seu preço mais alto de todos os tempos, de quase 67 mil dólares, o bitcoin perdeu 5% do seu valor, voltando a ser negociado abaixo dos 60 mil dólares. A queda se reflete na maioria dos outros criptoativos, que também operam em queda nesta quarta. Nos últimos sete dias, as perdas do bitcoin passam de 10%.

Felipe Dantas, um dos principais criptoinvestidores brasileiros, está revelando a maior oportunidade do momento no mercado das criptomoedas. Saiba mais.

Segundo especialistas, dados relativos ao mercado de derivativos e à recente alta da criptomoeda-meme shiba inu (SHIB) indicam excesso de alavancagem e ganância no mercado. Uma correção no preço do bitcoin era esperada após o recorde, mas, após demorar mais do que se imaginava para começar, pode ir ainda mais longe, dizem analistas.

"A taxa de alavancagem está perto de atingir o seu maior valor do ano. Parece óbvio que o mercado está com excesso de alavancagem atualmente", disse Ki Young Ju, CEO da empresa de análise de dados CryptoQuant. "Veremos alguma volatilidade e liquidações gigantescas em breve".

A taxa de alavancagem mostra essencialmente o grau de alavancagem de um investidor médio. Embora sua alta indique aumento do apetite do mercado pelo risco, um número muito alto reflete acúmulo excessivo de alavancagem.

Até o momento, a queda de preços nas últimas 24 horas já provocou a liquidação de 924 milhões de dólares (5,13 bilhões de reais) em posições abertas de contratos futuros de bitcoin - 88% de posições compradas, que apostavam na alta da criptomoeda.

Shiba inu também desempenha papel em movimento do mercado

O aumento parabólico da criptomoeda-meme shiba inu (SHIB) também aponta para o excesso de ganância que frequentemente é observado nos topos do mercado.

“Moedas de cachorro estão voando novamente, o que historicamente tem sido uma indicação muito boa de um mercado superaquecido”, disseram os analistas da Delphi Digital na segunda-feira, 25 de outubro. “A primeira vez que as moedas de cachorro enlouqueceram foi entre abril e maio deste ano, e rapidamente quebraram conforme o mercado esfriou. No início de setembro, as moedas de cachorro estavam na moda novamente e o mercado cripto viu uma grande redução da alavancagem”.

A SHIB registrou um recorde de preço de US$ 0,0000631 nesta manhã, levando os ganhos dos últimos 30 dias para 800%, segundo o CoinMarketCap. O token subiu 130% nos últimos sete dias, reflexo da campanha frenética do exército de entusiastas da SHIB para fazer a plataforma de negociação Robinhood adicionar a criptomoeda à lista de ativos que seus usuários podem comprar e vender.

O excesso de atividade em uma criptomoeda altamente arriscada como a SHIB indica fervor especulativo. “O Índice de Medo e Ganância está de volta a níveis que não víamos desde o início de março, marcando oficialmente os níveis de 'extrema ganância'”, disse a Delphi Digital na terça-feira.

Além disso, o otimismo gerado pelo recente lançamento do ETF de contratos futuros de bitcoin nos EUA e o clima de alta parecem ter diminuído. A criptomoeda chamada de ouro digital não teve grande demanda da Ásia nesta quarta, embora a Austrália tenha relatado a inflação mais alta em seis anos no país. Segundo o JPMorgan, a expectativa sobre aumento de inflação ao redor do mundo foi o principal fator para impulsionar o bitcoin ao seu último recorde de preço.

A imagem técnica do gráfico de preço do bitcoin agora indica uma correção mais acentuada. A queda abaixo do suporte em 59.800 dólares confirmou um padrão de reversão de ombro-cabeça-ombro, expondo um novo suporte perto de 54.000 dólares e o fluxo vendedor do mercado cripto - e a queda de preços - pode ser ainda mais severa se os mercados tradicionais perderem força com as crescentes chances de redução mais rápida do estímulo econômico do Federal Reserve nos EUA.

Participe grátis de Segredos dos Pré-Lançamentos, de 06 a 13 de dezembro, e descubra como obter ganhos explosivos com as novas moedas digitais.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também