Acompanhe:

O presidente-executivo global do grupo Hyundai, Euisun Chung, anunciou que planeja investir mais de US$ 1,1 bilhão no Brasil até 2032, focados em tecnologia, principalmente em carros híbridos, elétricos e movidos a hidrogênio verde. O anúncio ocorreu em reunião de Chung com o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, nesta quinta-feira, 22.

A reunião aconteceu no período da manhã no Palácio do Planalto e contou com a presença do vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin, e da Casa Civil, Rui Costa, o secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio e Serviços (MDIC), Márcio Elias, o secretário de Desenvolvimento Industrial Inovação, Comércio e Serviços do MDIC, Uallace Moreira, presidente e COO Global da Hyundai Motor Company e presidente e CEO da Hyundai e Genesis Motor América do Norte, José Muñoz, presidente e CEO da Hyundai Motor Américas Central e do Sul, Airton Cousseau.

Descarbonização

De acordo com nota divulgada pelo Palácio do Planalto, o vice-presidente iniciou o encontro apresentando aos executivos da Hyundai os desenvolvimentos recentes das políticas industrial e energética brasileiras e a prioridade conferida à reindustrialização e à descarbonização.

"O CEO da Hyundai falou sobre a política de investimentos da empresa e destacou que planeja investir mais de US$ 1,1 bilhão no Brasil até 2032, concentrados em tecnologia, em particular a de carros híbridos, elétricos e movidos a hidrogênio verde, em convergência com o programa de Mobilidade Verde MOVER, do governo brasileiro", diz a nota.

De acordo com a publicação, Chung destacou a convergência de prioridades da Hyundai com as do governo brasileiro, em particular nas áreas da transição energética e da educação. "Destacou, nesse sentido, investimentos da empresa em programas de responsabilidade social voltados ao tratamento odontológico e ao reflorestamento nas áreas onde está instalada, além da formação básica e técnica de pessoal e do compartilhamento de tecnologias", acrescenta a nota.

Brasil e Coreia do Sul

No encontro, Lula manifestou interesse na realização de uma reunião bilateral entre Brasil e Coreia do Sul. "Lula destacou que interessa ao país o debate multilateral sobre o impacto de novas tecnologias, como a inteligência artificial", declarou.

Em publicação nas redes sociais, o chefe do Executivo brasileiro postou uma foto da agenda. "O país estável e com futuro recebe mais investimentos. Recebi o presidente executivo da Hyundai Motor, Eui-Sun Chung, que anunciou que o grupo planeja investir mais de US$ 1,1 bilhões até 2032 em tecnologia e em hidrogênio verde. Mais uma grande empresa crescendo em nosso país", escreveu.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Câmara aprova urgência e acelera pacote para frear invasões do MST
Brasil

Câmara aprova urgência e acelera pacote para frear invasões do MST

Há 6 horas

Após embate com Padilha, Lira anuncia a líderes da Câmara que vai destravar demandas da oposição
Brasil

Após embate com Padilha, Lira anuncia a líderes da Câmara que vai destravar demandas da oposição

Há 6 horas

Em meio a ofensiva do MST, CCJ adia votação de projeto de retirada de invasores sem ordem judicial
Brasil

Em meio a ofensiva do MST, CCJ adia votação de projeto de retirada de invasores sem ordem judicial

Há 6 horas

Presidente Lula tenta avançar em acordo para reduzir corte em emendas de comissão
Brasil

Presidente Lula tenta avançar em acordo para reduzir corte em emendas de comissão

Há 7 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais