Acompanhe:

A Grendene, fabricante calçadista, e a Comerc, empresa controlada pela Vibra, comunicaram ao mercado nesta quinta-feira, 8, a assinatura de uma parceria no segmento de autoprodução de energia solar.

Em acordos desse tipo, o consumidor (no caso, a Grendene) detém uma participação acionária em uma usina e recebe a outorga para a produção de energia elétrica para o seu próprio uso.

O contrato de autoprodução tem duração de 20 anos, com vigência prevista até 31 de dezembro de 2043 e possibilidade de renovação. O acerto concede à Grendene a participação de 42% da geradora solar Várzea Solar ll, empresa da Comerc. A calçadista receberá 10 megawatts-médios (MW-méd) neste período.

A projeção da Grendene, dona de marcas como Melissa, Grendha, Zaxy, Rider, Cartago, Ipanema, Pega Forte e Grendene Kids, é de que o volume de energia abasteça em torno de 90% do volume consumido pela fabricante.

Segundo o comunicado, o negócio soma R$ 50,5 milhões. Ao todo, a aquisição de ações ordinárias de classe B da empresa chega a 84% - sendo 42% do capital social total da Várzea SPE.

História

A Grendene, fundada em 1971, tem unidades industriais no Ceará, Rio Grande do Sul e Bahia. A maior fábrica opera em Sobral (CE). A empresa vende seus produtos por meio de canais de distribuição diversificados, como representantes comerciais, distribuidores, exportações diretas e subsidiárias.

A produção chega a 65 mil pontos de venda no Brasil e 45 mil no exterior, além de contar com uma área de vendas específica para a marca Melissa, que conta com um showroom em Milão, duas unidades da Galeria Melissa - uma em São Paulo e outra em Nova York.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Depois de ser demitido do telemarketing, ele apostou em franquias e fará R$ 20 milhões com o sol
seloNegócios

Depois de ser demitido do telemarketing, ele apostou em franquias e fará R$ 20 milhões com o sol

Há 12 horas

Geração solar atinge 28 gigawatts, duas vezes a potência instalada de Itaipu
ESG

Geração solar atinge 28 gigawatts, duas vezes a potência instalada de Itaipu

Há 2 dias

Emissões de CO2 levam Shell de volta aos tribunais
ESG

Emissões de CO2 levam Shell de volta aos tribunais

Há 2 dias

Com valor recorde de R$ 10,4 bilhões, Fundo Clima terá juros de 1% a 8% ao ano
ESG

Com valor recorde de R$ 10,4 bilhões, Fundo Clima terá juros de 1% a 8% ao ano

Há 3 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais