Acompanhe:

Beleza inclusiva: Grupo Boticário lança ferramentas de acessibilidade

Lojas das marcas O Boticário e Quem disse, Berenice? oferecem ferramentas gratuitas para facilitar a aplicação de produtos de beleza em caso de mobilidade reduzida nos membros superiores e fraqueza muscular

Modo escuro

Continua após a publicidade
Acessórios inclusivos para pessoas com deficiência do Grupo Boticário (Grupo Boticário/Reprodução)

Acessórios inclusivos para pessoas com deficiência do Grupo Boticário (Grupo Boticário/Reprodução)

A partir deste ano, em lojas das marcas O Boticário e Quem Disse, Berenice?, ambas do Grupo Boticário, pessoas com deficiência (PCD), com mobilidade reduzida nos membros superiores ou fraqueza muscular poderão retirar de maneira gratuita duas ferramentas para auxiliar o acesso aos produtos de beleza. Ao todo, serão disponibilizadas 10 mil unidades dos acessórios, sendo 5 mil de cada modelo.

“A iniciativa é importante porque é algo inédito no mercado de beleza. Queremos viabilizar momentos de cuidado para mais pessoas, além de gerar uma mensagem positiva de que acessibilidade importa. O projeto foi muito provocado por ações de conscientização e educação em volta de temas de diversidade”, afirma Rony Santos, gerente sênior de ESG do Grupo Boticário, que tem estratégias de diversidade voltadas para mulheres, pessoas pretas, LGBTI+, pessoas acima dos 50 anos e pessoas com deficiência. 

A ação é um projeto piloto em parceria com a Mercur, empresa brasileira de produção de material para educação, saúde e inclusão, que começou a ser desenvolvida há cerca de dois anos, idealizado com a agência interna de design do Grupo Boticário, a DSGN in-house. 

“No processo com o Grupo Boticário, trabalhamos com oficinas híbridas, simultâneas, nas duas empresas. Os resultados são produtos que possibilitarão maior autonomia para o cuidado pessoal e tornarão o dia a dia mais funcional para as pessoas com deficiência”, afirma Dayani Rodrigues Rabuske, especialista em projetos na Mercur.

As marcas disponibilizarão duas ferramentas: uma base aderente e um engrossador multiuso para o manuseio, abertura e aplicação de produtos. O primeiro deles pode ajudar a criar fricção para ajudar na abertura de embalagens de perfumes, loções e produtos de cabelo, evitando que escorreguem. Já o engrossador pode ser usado para ampliar a usabilidade de produtos como batons, pincéis e cremes. 

“Em 2022, criamos, em parceria com a Ipsos, uma comunidade para conectar as nossas marcas para entender a diversidade brasileira e as necessidades diversas de diferentes grupos, como produtos para diferentes tons de pele ou com acessibilidade. A participação, de mais de 400 pessoas no Brasil, acontece na em diferentes frentes, como na efetiva cocriação dos produtos, ou nesse caso, dos acessórios, passando por análise de tendências, avaliação da embalagem, ergonomia, fase de testes”, diz Santos. 

Inclusão de quem e para quem precisa 

“Nada de nós sem nós” é o lema usado por pessoas com deficiência, que foi definido pela Organização das Nações Unidas (ONU), para reforçar a importância da inclusão de pessoas com deficiência em espaços de decisão. Santos rememora a fala e afirma que tem conexão com o projeto.

Foram consultados membros da Comunidade Beleza Livre, de cocriação de produtos do Grupo Boticário que ouve e conta com pessoas de grupos minorizados. Os produtos foram testados por integrantes da comunidade com questões de mobilidade nos membros superiores, como é o caso de Márcio Sousa Bonvino, analista de procurement.

“Nosso trabalho na Comunidade Beleza Livre teve um impacto muito positivo na minha relação com produtos de beleza. Nossa percepção é, muitas vezes, afetada porque não conseguimos achar qualquer identificação e representatividade em determinados produtos. Isso faz com que pessoas como nós se sintam à margem desse mercado, mas a minha atuação na comunidade alterou a minha percepção e agora consigo ter um olhar que vai além, que a beleza é plural e que cuidados pessoais é algo para todos”, afirma Bonvino, membro da comunidade. 

Para ele, acessibilidade significa poder aproveitar qualquer experiência sem restrições. “Eu me senti feliz em ser ouvido, em ser empoderado por opinar sobre quais produtos, embalagens ou campanhas me representam. Precisamos de mais espaços como esse na sociedade, devemos e precisamos ser ouvidos. Iniciativas como essa elevam nossa autoestima e ouvem as necessidades dos consumidores, que como eu, exigem que a sociedade seja mais inclusiva”, disse Bonvino.

"A acessibilidade é um aplicador da inclusão e boa para todos, não só para pessoas com deficiência. Gestantes e pessoas com mobilidade reduzida momentânea são exemplos dos grupos impactados. E é dessa maneira que tentamos trabalhar acessibilidade: naturalizando e dando a devida importância”, afirma Santos. O gerente comenta que, caso se comprove positiva a aderência no mercado, a ambição é ampliar o projeto ao longo de 2024, fazer parcerias e engajar outras empresas ao redor dessa agenda. 

Como retirar os produtos? 

Para retirar a base aderente e o engrossador multiuso, os interessados devem acessar o site do Grupo Boticário e realizar um cadastro a partir de 5 de fevereiro. Assim, o cliente poderá escolher a loja de preferência, além da data e horário, para retirar os produtos de 18 de março a 24 de março. 

Em Belém, Brasília, Salvador, São Paulo e Curitiba, terapeutas ocupacionais estarão nas respectivas lojas oferecendo orientações de uso ao público. As ferramentas também serão distribuídas para os funcionários do Grupo, da Mercur e Antilhas, responsável pela logística do projeto.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Casa dos Ventos entra em energia solar e anuncia mais R$ 4 bilhões até 2026
ESG

Casa dos Ventos entra em energia solar e anuncia mais R$ 4 bilhões até 2026

Há 3 horas

Energia solar chega a 17% da potência instalada no Brasil
ESG

Energia solar chega a 17% da potência instalada no Brasil

Há 4 horas

Conta para conter urgência climática passa dos bilhões para trilhões de dólares
ESG

Conta para conter urgência climática passa dos bilhões para trilhões de dólares

Há 9 horas

Roupas da Reserva com 40% de desconto? Troc foca em moda circular e vende peças de coleções passadas
ESG

Roupas da Reserva com 40% de desconto? Troc foca em moda circular e vende peças de coleções passadas

Há 13 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais