Vendas no varejo dos EUA têm alta moderada em fevereiro

As vendas varejistas aumentaram 0,3% no mês passado, disse o Departamento do Comércio nesta quarta-feira

EUA: A alta moderada das vendas foi divulgada pouco antes de o Federal Reserve informar sua decisão de política monetária (Mark Makela/File Photo/Reuters)

EUA: A alta moderada das vendas foi divulgada pouco antes de o Federal Reserve informar sua decisão de política monetária (Mark Makela/File Photo/Reuters)

R

Reuters

Publicado em 16 de março de 2022 às 10h40.

As vendas no varejo nos Estados Unidos tiveram alta moderada em fevereiro uma vez que a gasolina e os alimentos mais caros forçaram as famílias a reduzirem os gastos em outros produtos, o que pode restringir o crescimento econômico neste trimestre.

As vendas varejistas aumentaram 0,3% no mês passado, disse o Departamento do Comércio nesta quarta-feira. O dado de janeiro foi revisado para cima para um aumento de 4,9% em vez de 3,8% como informado antes.

Economistas consultados pela Reuters projetavam desaceleração do aumento das vendas a 0,4%, com as estimativas variando de queda de 0,7% a alta de 1,7%.

A alta moderada das vendas foi divulgada pouco antes de o Federal Reserve informar sua decisão de política monetária, com expectativa de aumento dos juros pela primeira vez em mais de três anos.

"Preços mais altos de alimentos e gás significam menos dólares para serem gastos em outros varejistas", disse Sam Bullard, economista sênior do Wells Fargo.

Mais de Economia

Prates afirma que não há crise na Petrobras e que tem boa relação com Lula e Silveira

Demanda por diesel sobe 8,7% no 1º bimestre, mas deve perder força no semestre, diz EPE

Se incerteza continuar alta, BC tem de trabalhar no ritmo de cortes, afirma Campos Neto

Preços do etanol sobem em 18 Estados e no DF, mostra ANP; valor médio sobe 1,87%

Mais na Exame