Economia

UE publica relatório satisfatório sobre carne brasileira

Bruxelas - A Comissão Europeia afirmou que os controles da produção de carne bovina no Brasil para exportação para o mercado europeu foram "satisfatórios", segundo os resultados de uma inspeção publicados hoje. Trata-se de um relatório sobre uma missão do Escritório Veterinário e de Alimentação da Comissão Europeia (FVO, na sigla em inglês), que se […]

EXAME.com (EXAME.com)

EXAME.com (EXAME.com)

DR

Da Redação

Publicado em 27 de julho de 2010 às 14h20.

Bruxelas - A Comissão Europeia afirmou que os controles da produção de carne bovina no Brasil para exportação para o mercado europeu foram "satisfatórios", segundo os resultados de uma inspeção publicados hoje.

Trata-se de um relatório sobre uma missão do Escritório Veterinário e de Alimentação da Comissão Europeia (FVO, na sigla em inglês), que se deslocou em março ao Brasil para comprovar as medidas tomadas pelas autoridades do país para corrigir as "deficiências" detectadas no ano passado por Bruxelas no setor bovino.

Os inspetores comunitários visitaram nove estabelecimentos em seis estados, que fazem parte da lista dos que estão autorizados a exportar sua carne para o mercado europeu.

Os especialistas da Comissão Europeia concluíram que "a situação é satisfatória", segundo o relatório, em referência aos sistemas de certificação da carne fresca bovina a ser exportada para a União Europeia (UE).

Segundo com Bruxelas, as autoridades competentes brasileiras seguiram adequadamente as recomendações feitas pela Comissão Europeia em missões anteriores.

As autoridades brasileiras, de acordo com o relatório, realizam suas atividades seguindo requisitos e orientações que garantem o cumprimento de medidas equivalentes às aplicadas na UE.

Nos nove locais visitados, os inspetores da Comissão Europeia encontraram apenas deficiências "menores" em dois estabelecimentos e, em um caso, detectaram um sistema de certificação que não era satisfatório, e fez novas recomendações ao Brasil para corrigir os problemas.

Acompanhe tudo sobre:AgronegócioAgropecuáriaAlimentosAmérica LatinaComércio exteriorDados de BrasilEuropaExportaçõesTrigoUnião Europeia

Mais de Economia

Cigarro pode ser taxado em 250% e cerveja em 46%, estima banco

Cade analisa se parceria entre Gol e Azul precisa ser submetida ao órgão

Eletrobras: trabalhadores poderão entrar em greve a partir de 3 de junho

'Esta semana fiquei nervoso porque vi o preço do arroz muito caro no supermercado', diz Lula

Mais na Exame